PUBLICIDADE
Topo

Gabriel Vaquer

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Adiamento de Brasil x Argentina frustra Globo; volta de Galvão não tem data

Galvão Bueno na cabine de transmissão do Estádio Mineirão em Belo Horizonte na semifinal da Copa do Mundo em 2014 - Memória Globo: João Miguel Júnior/Globo
Galvão Bueno na cabine de transmissão do Estádio Mineirão em Belo Horizonte na semifinal da Copa do Mundo em 2014 Imagem: Memória Globo: João Miguel Júnior/Globo
Gabriel Vaquer

Gabriel Vaquer cobre mídia esportiva desde 2014. No UOL Esporte, conta detalhes do evento onde seu time joga e onde seu profissional de TV esportiva favorito vai trabalhar.

07/03/2021 04h00

O adiamento das duas próximas rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 em março, por causa da piora na pandemia na América do Sul, frustrou os planos de Galvão Bueno para retornar as transmissões de futebol neste mês de março. A Globo e o locutor de 70 anos sonhavam com a volta em 30 de março, quando aconteceria o clássico entre Brasil e Argentina.

A coluna apurou que, já durante a semana, Galvão já considerava improvável voltar ao trabalho presencial no final do mês. Primeiro por causa do atraso na aplicação das vacinas no Brasil. Segundo, pelo crescimento de casos de covid no Brasil. Somente nesta semana, mais de 10 mil pessoas morreram nos sete dias mais letais no país desde março de 2020.

No "Bem, Amigos!" do último dia 22 de fevereiro, o próprio Galvão Bueno disse que sua quarentena iria terminar neste mês, se tudo desse certo, e que ele faria o maior clássico de seleções da América do Sul. Mas a Globo ainda tratava com cautela. Se Galvão se vacinasse até a primeira quinzena de março, existiriam chances de criação de um protocolo exclusivo para ele —e que possibilitaria que o narrador fizesse Brasil x Argentina.

Com o adiamento do jogo, a volta de Galvão segue sem data. Ele não esconde a vontade (e a saudade) de transmitir jogos e comandar seu programa semanal no SporTV do estúdio. Galvão não narra um jogo ao vivo desde 16 de fevereiro de 2020, quando esteve à frente da Supercopa do Brasil de 2020, em que o Flamengo venceu o Athletico Paranaense. Ele nunca ficou tanto tempo sem comandar uma transmissão.

A própria Globo, em comunicado enviado ao blog em fevereiro, disse que o narrador e qualquer outro nome que faça parte do grupo de risco da pandemia do covid-19 só voltaria ao trabalho após ser vacinado. "Conforme previsto, estamos aguardando a vacinação e a liberação médica para que os colaboradores que fazem parte do grupo de risco voltem às atividades presenciais com segurança", disse a emissora.

As Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, que aconteceriam em nos dias 26 e 30 deste mês, foram adiadas pela possibilidade de jogadores de clubes europeus, preocupados com variantes do covid-19, não liberarem seus atletas. A seleção brasileira jogaria contra Colômbia fora e a Argentina em casa. As partidas devem acontecer apenas no segundo semestre, as datas não foram definidas.