PUBLICIDADE
Topo

Gabriel Vaquer

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Eliminação do Palmeiras dá mais audiência que título da Libertadores na TV

Jogadores do Palmeiras deixam o gramado após derrota para o Tigres no Mundial de Clubes - Karim JAAFAR / AFP
Jogadores do Palmeiras deixam o gramado após derrota para o Tigres no Mundial de Clubes Imagem: Karim JAAFAR / AFP
Gabriel Vaquer

Gabriel Vaquer cobre mídia esportiva desde 2014. No UOL Esporte, conta detalhes do evento onde seu time joga e onde seu profissional de TV esportiva favorito vai trabalhar.

08/02/2021 17h13

O Ibope confirmou nesta segunda (8) que a eliminação do Palmeiras no Mundial de Clubes - derrota contra o Tigres (MEX) por 1 a 0 -, exibida pela Globo ontem (7), marcou mais audiência que a final da Libertadores da América entre o clube alviverde contra o Santos, que foi transmitida pelo SBT no dia 30 de janeiro.

Segundo dados consolidados do instituto, a partida narrada por Cléber Machado com comentários de Caio Ribeiro e Casagrande obteve 27 pontos de média com 30 de pico e 49% de participação - ou seja, quase metade dos televisores ligados entre 15h e 16h55, horário com bola rolando, estavam assistindo a equipe de Abel Ferreira. O SBT, com o clássico paulista no fim de semana anterior, marcou 25 pontos de média.

Ao todo, a Globo alcançou até 6,4 milhões de telespectadores apenas na capital paulista. Tratam-se dos maiores números de um jogo do Mundial de Clubes feito pela Globo desde 2012. Na ocasião, final entre Corinthians 1 x 0 Chelsea conseguiu 31 pontos com 61% de share.

Também é o dado mais alto de uma semifinal de Mundial desde 2005. São Paulo x Al Ittihad, em dezembro daquele ano, teve 28 pontos. Por fim, Palmeiras x Tigre (MEX) foi o recorde do futebol aos domingos desde 3 de novembro de 2019, quando Flamengo x Corinthians pelo Campeonato Brasileiro cravou 28 pontos.

No Rio de Janeiro, a Globo conseguiu 19 pontos com 34% de participação. Na capital fluminense, a final da Libertadores fechou com 12 pontos e foi uma das cidades onde o SBT não venceu a concorrente em 30 de janeiro. O índice obtido pela Globo com o Mundial foi 58,3% maior que o conseguido pelo canal de Silvio Santos no Rio.

Exibidor da partida com exclusividade na TV por assinatura, o Sportv foi líder de audiência entre todos os canais pagos na medição PNT (média da audiência da TV medida pelo Ibope nas 15 principais metrópoles do Brasil). No canal esportivo da Globo, a transmissão foi comandada por Luiz Carlos Jr com comentários de Ana Thaís Matos.

A Globo não deve exibir a decisão do terceiro lugar do Mundial em TV aberta, que terá o Palmeiras na próxima quinta (11), às 12h (horário de Brasília). O jogo ficará restrito ao Sportv. O mesmo expediente valerá para a final do campeonato, que terá o Tigres contra Bayern de Munique (ALE), às 15h da próxima quinta-feira (11).