PUBLICIDADE
Topo

Diogo Silva

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Atletas estão no Congresso para acelerar o Plano Nacional do Desporto

Conteúdo exclusivo para assinantes
Diogo Silva

Diogo Silva foi campeão mundial universitário, medalhista de ouro dos Jogos Pan-Americanos e participou dos Jogos Olímpicos de Atenas-2004 e Londres-2012 no taekwondo. Hoje, faz parte do grupo de rap Senzala Hi-Tech.

28/09/2021 17h51

A organização sem fins lucrativos Atletas pelo Brasil volta a se mobilizar pela aprovação do Plano Nacional do Desporto, previsto desde a criação da Lei Pelé, em 1998, mas que até agora não foi encaminhado ao Congresso. O plano visa estabelecer diretrizes para o esporte nacional. Representantes da organização estão em Brasília em uma série de diálogos com senadores e deputados para acelerar o andamento do PND.

Em 23 de junho deste ano, Dia do Atleta, a organização já havia promovido uma grande mobilização digital com a hashtag #encaminhapnd. Agora, a segunda etapa da ação é presencial, no Congresso Nacional.

A pandemia restringiu o número de participantes, que no passado chegou a quase 20, mas hoje ficou restrita a sete pessoas. Os pós atletas Flávio Canto (judô), Daiane dos Santos (ginástica), Diogo Silva (taekwondo), Tiago Pereira (natação), Estevão Lopes (remo paralimpico) e Clodoaldo (natação paralímpica) têm dois dias de reuniões no Congresso Nacional para, além de acelerar o PND, dialogar sobre a Lei de Incentivo e Sistema Nacional do Esporte.

Comparado a outros setores da sociedade civil, como a cultura, que conseguiu aprovar a Lei Adir Blanc, e os indígenas, que levaram 6.000 pessoas a Brasília para lutar contra o Marco Temporal, o esporte ainda mobiliza poucos para defender seus direitos.

Durante décadas clubes, confederações e organizações esportivas colocaram barreiras para que o atleta não pudesse obter conhecimento sobre seus direitos. Aquele que rompia com o dogma era retalhado até se tornar invisível.

Atletas pelo Brasil, em 2013 - Divulgação - Divulgação
Atletas pelo Brasil, em 2013, quando foi atualizada a Lei Pelé
Imagem: Divulgação

Em 2013, a ONG Atletas pelo Brasil ajudou a implementar o artigo 18 A da Lei Pelé, garantindo que 1/3 dos atletas de cada organização esportiva tenha direito a voto na escolha de presidentes e vice-presidentes dessas entidades, e participação em assembleias gerais, responsáveis pela criação e atualização de estatutos.

Em novos tempos o esporte entendeu que faz parte de um braço político e que sua força está além das medalhas.

Agenda dos atletas em Brasília

DIA 28/09

12h - Encontro com senador Angelo Coronel (PSD-BA)

Pauta: Lei de Incentivo ao Esporte (Reforma do IR)

14h - Encontro com a senadora Leila (Cidadania-DF)

Pautas: PND, Sistema Nacional do Esporte (PLS 68/17) e Lei de Incentivo ao Esporte (Reforma do IRPJ)

15h30 - Encontro com deputado Luiz Lima (PSL-RJ)

Pauta: PND

16h30 - encontro com deputada Celina Leão (PP-DF)

Pauta: PND

DIA 29/09

10h - encontro com senadora Eliane Nogueira (PP-PI)

Pautas: PND; Sistema Nacional do Esporte (PLS 68/17) e Lei de Incentivo ao Esporte (Reforma do IRPJ)

14h30 - encontro com senador Romário (PL-RJ)

Pauta: i) PND ii) Sistema Nacional do Esporte (PLS 68/17) iii) Lei de Incentivo ao Esporte (Reforma do IRPJ)

16h - encontro com o deputado Felipe Carreras (PSB-PE)

Pauta: PND

O que é o Plano Nacional do Desporto

O Plano Nacional de Desporto é uma proposta interministerial que perpassa as pastas da Defesa, Saúde, Educação e Cidadania, responsável pela Secretaria Especial de Esporte. No momento o PND já foi aprovado por todos os ministérios e só falta o de Cidadania enviar a proposta para a Casa Civil para dar o encaminhamento para o Congresso.

Depois de 23 anos parado, o PND está no momento em que mais caminhou. E a ida dos atletas a Brasília tem objetivo de sensibilizar os agentes responsáveis sobre a importância do plano.

O Brasil tem o quinto pior índice de inatividade esportiva do mundo. Em uma sociedade que não se prática esporte, a população adoece mais. Todos os anos, o Brasil tem aproximadamente 300 mil mortes relacionadas a falta de atividade física.

O PND ajudará a direcionar qual os papeis de municípios, Estados e do governo federal em relação ao esporte, colocando prazos e metas a cada 10 anos. Estamos falando de criar regras para poder cobrar dos entes federativos suas responsabilidades.