PUBLICIDADE
Topo

Diogo Silva

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Campeão mundial de boxe, Patrick Teixeira fará sua 1ª defesa de cinturão

Patrick Teixeira, boxeador campeão mundial - Ivan Storti/Divulgação
Patrick Teixeira, boxeador campeão mundial Imagem: Ivan Storti/Divulgação
Diogo Silva

Diogo Silva foi campeão mundial universitário, medalhista de ouro dos Jogos Pan-Americanos e participou dos Jogos Olímpicos de Atenas-2004 e Londres-2012 no taekwondo. Hoje, faz parte do grupo de rap Senzala Hi-Tech.

10/02/2021 04h00

O campeão mundial de boxe na categoria médios-ligeiros, Patrick Teixeira, fará sua primeira defesa do título da Organização Mundial de Boxe, conquistado em 2019. A luta acontecerá no próximo sábado (13), na Califórnia, contra o argentino Braian Castaño. Quem quiser acompanhar o embate terá que recorrer à plataforma de streaming Dazn.

Depois de Maguila, Acelino "Popó" Freitas e Sertão, as transmissões de boxe em rede nacional despencaram. Mais uma vez, temos um brasileiro campeão mundial defendendo o cinturão sem o verdadeiro reconhecimento que as grandes mídias deveriam dar.

Patrick treinou na Califórnia, nos Estados Unidos, com o preparador físico Cicilio Flores, que também faz a preparação do filipino Manny Pacquiao e do ucraniano Vasyl Lomachenko, grandes estrelas do boxe mundial.

Durante os treinos, o brasileiro pode contar também com sparings ranqueados mundialmente. O sparring é um atleta que auxilia o preparo do competidor, simulando as lutas. Ter bons sparings, que impõem o ritmo verdadeiro da luta que o atleta irá enfrentar nos 12 rounds na defesa do cinturão, é a base de treinamento mais real para um lutador.

Patrick também contou com um programa de mentoria esportiva, com um método ligado à fisiologia, à ciência do esporte e à motivação. Tudo para manter o foco durante a luta, já que muitos atletas têm dificuldades em manterá concentração durante a luta, principalmente quando o confronto se arrasta por 12 rounds, e acabam deixando a vitória escorregar pelas mãos.

É sempre válido ter um espaço onde você possa contar com profissionais qualificados para dar suporte de treinos, treinamento psicológico e capacidades necessárias para alcançar o sucesso.

Patrick é o único brasileiro dessa geração com título mundial em defesa. O brasileiro conquistou o cinturão em 30 de novembro de 2019, ao vencer o dominicano Carlos Adames, por pontos, após 12 rounds. Na carreira, são 30 vitórias, 22 delas por nocaute, e apenas uma derrota. O adversário está invicto como profissional, mas é menos experiente. Foram 16 vitórias e um empate.

A nossa torcida está por mais essa vitória vitória brasileira.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL