PUBLICIDADE
Topo

Danilo Lavieri

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Palmeiras sobe o tom e prepara carta à Conmebol por atitudes contra racismo

Torcedor do Cerro Porteño imita macaco em jogo contra o Palmeiras pela Libertadores - Reprodução/Twitter
Torcedor do Cerro Porteño imita macaco em jogo contra o Palmeiras pela Libertadores Imagem: Reprodução/Twitter
Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

30/06/2022 14h29

O Palmeiras prepara uma carta para cobrar a Conmebol por atitudes mais drásticas contra gestos racistas nas competições sul-americanas. O Alviverde viu seu torcedor ser alvo ontem (29) de novo episódio preconceituoso por parte de um apoiador do Cerro Porteño.

A promessa da diretoria palmeirense é "subir o tom" nas cobranças para a presidência da entidade. Antes, os palmeirenses também já tinham sido alvo de racistas no Equador, no jogo contra o Emelec.

Além de reclamações na Federação Paulista de Futebol e na CBF, o Alviverde já tinha se pronunciado nas redes sociais. Agora, o documento oficial será enviado ao Paraguai, sede da entidade.

O Palmeiras ainda vai citar alguns maus tratos que os palmeirenses que viajam o continente atrás do time têm sofrido nesta Libertadores, como aconteceu ontem (29) quando alguns foram detidos e levados a uma prisão por estarem bêbados antes de a bola rolar.

A Conmebol tem sido cada vez mais pressionada pelos clubes brasileiros por atitudes contra gestos racistas. Recentemente, a entidade mudou o regulamento para permitir que clubes jogassem com portões fechados como forma de punição.

Nos últimos episódios registrados, no entanto, a entidade que comanda o futebol no continente deu apenas multa financeira aos envolvidos.

Além do Palmeiras, os torcedores de Corinthians, Flamengo, Red Bull Bragantino e Fortaleza são outros que também já foram vítimas nesta temporada.

A Conmebol já tem em mãos os vídeos dos episódios registrados terça e quarta, mas a punição deve ser dada só apenas essa fase por conta da burocracia interna da entidade antes da tomada de uma decisão.

Siga também as opiniões de Danilo Lavieri no Twitter, no Instagram e no TikTok