PUBLICIDADE
Topo

Danilo Lavieri

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Clube dos 6 x Futebol Forte: Liga de clubes se reúne em SP para selar a paz

Clubes se reúnem amanhã em SP para conversar sobre a Liga - Andrea Staccioli/Insidefoto/LightRocket via Getty Images
Clubes se reúnem amanhã em SP para conversar sobre a Liga Imagem: Andrea Staccioli/Insidefoto/LightRocket via Getty Images
Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

02/05/2022 13h23

Uma nova reunião com a Liga de Clubes em pauta está marcada para amanhã (3) em São Paulo. O encontro reunirá os principais clubes do país com o intuito de finalmente oficializar a formação de um grupo, acabando com as diferenças que existem no momento entre correntes diferentes. "Precisamos tirar esse papo dos grupos de WhatsApp e trazer para a realidade" foi a frase que o blog ouviu sobre a reunião.

As duas divisões mais fortes têm sido chamadas de Clube dos 6 e Movimento Futebol Forte. O primeiro grupo é formado por Corinthians, Palmeiras, Santos, São Paulo, Red Bull Bragantino e Flamengo. Já há conversas avançadas entre eles, inclusive com desenho de um estatuto e divisão econômica.

Do outro lado, estão América-MG, Atlético-GO, Athletico, Avai, Ceará, Coritiba, Cuiabá, Fortaleza, Goiás e Juventude. Esses foram os times que se manifestaram oficialmente sobre a criação do Movimento Futebol Forte, inclusive com post nas redes sociais em fevereiro. O principal objetivo dessa ala é que os clubes que têm menos expressão no cenário nacional não sejam prejudicados nas negociações e consigam chegar o mais próximo possível dos grandes na hora de dividir a grana.

Nos últimos dias, há um movimento de aproximação entre as duas correntes. Times que não estão oficialmente em nenhum dos lados fazem a ponte. A ideia é que amanhã mesmo já haja a formalização de um grupo, com documentos assinados. A princípio, nenhum banco ou grupo de investimento estará no encontro.

O clima entre eles é de negociação pacífica, mas sem a garantia de um acordo coletivo por conta de "vaidades", como definiram algumas fontes. O Atlético-MG se aproximou bastante do Clube dos 6 nos últimos dias. Grêmio e Internacional também mantiveram contato, assim como Botafogo e Fluminense, que também estão por dentro das conversas.

O grande foco de perigo para o acordo coletivo tem sido o Athletico, que tem em Mario Celso Petraglia, o presidente, uma figura muito contestada por vários dos outros clubes, inclusive apontado como o grande responsável pela primeira implosão do grupo há quase um ano.

Recentemente, os clubes fizeram um acordo para que as federações continuassem com peso 3 nas votações da CBF para que o presidente da entidade nacional, Ednaldo Rodrigues, desse apoio à formação de uma Liga. A última vez que os times se reuniram foi no dia 15 de março, sem a presença do Palmeiras.

Siga também as opiniões de Danilo Lavieri no Twitter, no Instagram e no TikTok