PUBLICIDADE
Topo

Danilo Lavieri

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Coutinho e Daniel Alves mostram Tite sem solução para problemas da seleção

Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

13/01/2022 11h29

As convocações de Philippe Coutinho e Daniel Alves para a seleção brasileira mostram que Tite não tem uma solução nova para alguns dos problemas de seu time a caminho de Qatar-2022. O time enfrenta o Equador e o Paraguai pelas Eliminatórias da Copa.

A lateral direita é um antigo problema do técnico e vários nomes já foram testados. O veterano que saiu do São Paulo e voltou para o Barcelona passou algum tempo no Morumbi tentando atuar como meia e não conseguiu. Agora na Espanha tenta retomar o ritmo, mas ainda só tem três jogos. Ainda assim, foi lembrado.

Claro que ele já foi muito importante para Tite, mas a convocação vai contra o lema que muitas vezes é usado na Granja Comary de "futebol é momento". Sua experiência pode ser importante no grupo, mas dentro de campo ele pode prejudicar a equipe, como já aconteceu no São Paulo e como vimos ontem (12) em algumas ocasiões no jogo entre Barcelona e Real Madrid.

Situação parecida com a que vive Philippe Coutinho. O meio-campista saiu do Barcelona porque não conseguia desempenhar seu bom futebol mas ainda tem um espaço na memória de Tite. Sem jogar há um mês, ele acertou a sua transferência para o Aston Villa, da Inglaterra, e continua na lista do comandante.

É dispensável dizer que a seleção vive um drama para achar um meio-campista que ajuda na criatividade da equipe. Tite já falou abertamente sobre o tema. No momento, a saída do técnico é insistir em Coutinho, que já lhe entregou muito resultado no passado, mas não atua em alto nível há muito tempo, incluindo sua passagem no Bayern.

"Coutinho é de armação e conclusão importante que vai retomando seu melhor nível após ficar sete, oito meses parado. Possivelmente ele vai ser utilizado no fim de semana. Uma perspectiva é que ele possa ter a retomada do melhor nível", explicou o comandante.

Além de Coutinho, Tite ainda mantém as suas fichas em Everton Ribeiro, que também tem oscilando bastante não só quando veste a camisa verde e amarela, mas também no Flamengo.

O técnico também parece ter se rendido a Vinícius Júnior. Em alta no Real Madrid, ele começa a vencer a resistência que tinha da comissão técnica por causa da oscilação que teve no início da passagem na Europa.

Tite acerta em não convocar Lodi por falta de vacina

O comandante anunciou na sua coletiva de imprensa que Renan Lodi não pôde entrar na concorrência por uma vaga na lateral esquerda por causa da falta de vacinação contra covid-19.

Nessa, o técnico acerta em cheio. Não faz sentido um atleta em alto nível se recusar a se proteger contra um vírus e ainda colocar em risco a saúde dos demais em um grupo como da seleção. E é bom também que o comandante tenha falado disso em público para que o caso sirva de exemplo contra os poucos negacionistas que ainda são contra a vacina.

Siga também as opiniões de Danilo Lavieri no Twitter, no Instagram e no TikTok