PUBLICIDADE
Topo

Danilo Lavieri

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Além de Abel, Palmeiras tem mais 4 pendências para resolver até Mundial

O técnico Abel Ferreira conversa com o diretor de Futebol do Palmeiras, Anderson Barros - Cesar Greco
O técnico Abel Ferreira conversa com o diretor de Futebol do Palmeiras, Anderson Barros Imagem: Cesar Greco
Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

01/12/2021 09h49

A principal questão para o Palmeiras resolver no momento é a permanência de Abel Ferreira. Embora tenha contrato até o ano que vem, o técnico já deixou claro que pensa em sair do Brasil. Mas além do português, a diretoria em transição precisa resolver ao menos outras quatro pendências em dezembro para que a solução já esteja dada até o Mundial, no início de fevereiro.

Fora de campo, a primeira decisão a ser tomada é o futuro de Anderson Barros. O diretor tem contrato até o dia 31 de dezembro e, em tese, não estaria na equipe quando o torneio nos Emirados Árabes Unidos fosse disputado. Maurício Galiotte tem mandato até o meio deste mês e não deve interferir neste processo.

Em uma primeira conversa com Leila Pereira, a próxima presidente, conselheiros ouviram uma sinalização que ela tentará não promover mudanças bruscas que afetem diretamente o futebol neste período. Já outros setores como o marketing, por exemplo, podem sofrer mais trocas inicialmente.

Além de Anderson, outros dois atletas têm contrato expirando. Felipe Melo é o mais falado deles e é o que tem mais apreço de Abel Ferreira. O técnico já manifestou a importância do meio-campo para o time, mas a questão é que o jogador pretende atuar mais duas temporadas como profissional, enquanto o Alviverde ainda não sabe se quer oferecer um novo contrato por esse período.

Ao menos por enquanto, ele não terá condições burocráticas de defender o Alviverde na competição e já vê seu nome envolvido em outras equipes interessadas como o Fluminense e o Internacional.

Também há a questão de Jailson. O goleiro também não tem vínculo depois do dia 31 de dezembro e não poderia estar no banco de Weverton em Abu Dhabi. Ele já manifestou a intenção de continuar atuando no futebol profissional e também precisará sentar com Leila Pereira para negociar o seu futuro.

Por fim, a negociação que tem chamado menos a atenção da torcida é a da permanência de Danilo Barbosa. O volante está emprestado e precisaria ser comprado pelo Alviverde depois do fim desta temporada, fato que não deve acontecer.

Ainda há outras questões em relação aos pedidos de Abel Ferreira. O técnico já deixou claro que gostaria de ter pelo menos um novo camisa 9 e identificou outras posições para receber novos nomes, como o de criação. A tendência é que a Fifa permita que novos atletas disputem o Mundial.

Siga também as opiniões de Danilo Lavieri no Twitter e no Instagram