PUBLICIDADE
Topo

Danilo Lavieri

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Abel Ferreira rejeita proposta do Al-Nassr, mas Palmeiras segue preocupado

Abel Ferreira ainda não garante ao Palmeiras que vai ficar no comando no ano que vem - Cesar Greco
Abel Ferreira ainda não garante ao Palmeiras que vai ficar no comando no ano que vem Imagem: Cesar Greco
Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

30/11/2021 14h06

Abel Ferreira manteve o que tinha avisado ao seu empresário e recusou oficialmente a proposta do Al-Nassr, da Arábia Saudita. Como mostrou mais cedo o ge.com e confirmou o blog, o técnico do Palmeiras não se interessa neste momento em trabalhar em um mercado que ele considera periférico. Isso não significa, no entanto, que esse seja um "fico" definitivo.

O português já tinha deixado claro para pessoas que o cercam e também para os dirigentes do Palmeiras que não tinha interesse nesse tipo de proposta, como havia mostrado o UOL Esporte no último dia 28.

Por isso, a resposta de Abel ao Al-Nassr não significa que a novela de sua permanência está encerrada. Os principais entraves para que o português honre seu compromisso com o Alviverde até 2022 são a estrutura do futebol brasileiro e a proximidade com a sua família.

Como mostrou o blog ontem, o técnico não deixou de fazer duras críticas ao jeito que o esporte é comandado por aqui mesmo minutos depois de conquistar o bicampeonato consecutivo da Libertadores.

Há outras propostas nas mãos do empresário de Abel, além de algumas sondagens iniciais que não necessariamente serão concretizadas.

Até por isso, a diretoria do Palmeiras segue preocupada com a situação. Além de convencer a família de Abel a morar no Brasil, o que diminuiria um dos problemas, também estuda formas de melhorar a situação de trabalho do comandante. Ele foi, por exemplo, dispensado do jogo de hoje (30) contra o Cuiabá.

Há também em curso um planejamento especial da diretoria e da comissão de olho no Mundial, que será disputado em fevereiro.

Siga também as opiniões de Danilo Lavieri no Twitter e no Instagram