PUBLICIDADE
Topo

Danilo Lavieri

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Conmebol e polícia se preocupam com chegada de organizadas a Montevidéu

Em Ciudad Vieja, área turística de Montevidéu, cartaz promove a final da Libertadores - Diego Iwata Lima/UOL
Em Ciudad Vieja, área turística de Montevidéu, cartaz promove a final da Libertadores Imagem: Diego Iwata Lima/UOL
Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

26/11/2021 10h46

A Conmebol e as autoridades locais do Uruguai sobem o sinal de alerta para o clima em Montevidéu a partir de hoje (26) com as chegadas de cada vez mais torcedores para a final da Libertadores, especialmente os organizados que deixaram o Brasil em sua maioria ontem (25) para uma viagem longa de ônibus.

Há histórico recente de brigas entre os principais grupos de torcida dos dois times, com direito até a pancadaria dentro do estádio durante jogo do Brasileirão em Brasília, em 2016. A relação entre eles não é boa e as polícias de São Paulo e do Rio de Janeiro sempre preparam operação especial para os duelos entre eles em território nacional.

O clima de tensão no Uruguai tem subido nos últimos dias com o predomínio de camisas do Flamengo e do Palmeiras nas ruas, especialmente nos pontos turísticos. Ainda não houve registro de confusão, mas já há vídeos que circulam na internet mostrando princípios de desentendimento após provocações.

Por conta disso, inclusive, a organização da competição tentará separar flamenguistas e palmeirenses mesmo na torcida mista na final do próximo sábado (27), colocando os fãs de cada time o mais próximos possíveis do setor individual que ficará atrás de cada gol do Estádio Centenário.

A expectativa pela venda de ingressos e também pela circulação de pessoas no país é que os flamenguistas sejam maioria nas arquibancadas. Até mesmo na concentração do Palmeiras há relatos de torcedores do rubro-negro hospedados.

Recentemente, autoridades brasileiras e uruguaias se reuniram com a Conmebol para traçar alguns planos de segurança, incluindo proibição de entrada de algumas pessoas que têm problemas judiciais, como já havia mostrado o blog do Marcel Rizzo. Além disso, também como mostrou Mauro Cezar Pereira em seu blog no UOL, houve planejamento especial para o deslocamento das caravanas de organizadas.

Siga também as opiniões de Danilo Lavieri no Twitter e no Instagram