PUBLICIDADE
Topo

Danilo Lavieri

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Citado por Tite e em alta no Palmeiras, Veiga ainda está longe da seleção

Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

08/11/2021 09h33

Depois de mais uma boa atuação ontem (7) que lhe rendeu o título de melhor jogador do clássico contra o Santos, Raphael Veiga foi mais uma vez citado por torcedores e jornalistas como merecedor de uma vaga na seleção brasileira. O meia do Palmeiras chegou até a ser citado por Tite na sua última coletiva de imprensa, mas ainda está atrás na fila por uma vaga no meio-campo da Amarelinha.

De acordo com o que conversou o blog com membros da seleção, o jogador é avaliado com um bom atleta com característica de "ritmista", mas ainda não conseguiu passar da fase do "radar" para estar entre os que realmente têm chance de ser convocado.

A comissão técnica de Tite faz várias observações in loco e também pela televisão para monitorar os atletas e desenvolve a lista final para cada convocação em dois estágios. Depois de entrar no radar, o atleta precisa passar uma fase mais difícil que é estar na pré-lista de 35 atletas para depois então passar por um novo filtro que define os 23 convocados finais.

Na observação da comissão, o Brasil tem vários atletas que conseguem desenvolver essa característica. Além de Veiga, Tite citou na coletiva os nomes de Lucas Paquetá, Philippe Coutinho, Everton Ribeiro, Claudinho e Chay. Os dois primeiros foram convocados, enquanto o terceiro acabou sendo deixado de lado desta vez para evitar que atletas que atuam no país desfalcassem suas equipes.

Esse sistema serve para que a seleção tenha sempre opções para os diferentes setores em situações específicas. Em um eventual corte por lesão em cima da hora e com pouco tempo para que alguém da Europa seja convocado, por exemplo, os atletas podem "furar fila".

Ontem, na coletiva de imprensa após a vitória contra o Santos, Abel Ferreira foi questionado sobre o merecimento de Veiga para uma vaga na seleção e evitou responder de forma clara.

O meio-campista está em alta no Palmeiras e já desperta o interesse de times do exterior. Como mostrou Bruno Andrade, colunista do UOL, o Inter Miami vai oferecer US$ 10 milhões pelo atleta.

Siga também as opiniões de Danilo Lavieri no Twitter e no Instagram