PUBLICIDADE
Topo

Danilo Lavieri

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Palmeiras e Athletico negociam direitos de TV fechada com casas de apostas

Danilo sob a marcação de Jader em Palmeiras x Athletico-PR pelo Brasileirão, em 28 de agosto de 2021 - Cesar Greco
Danilo sob a marcação de Jader em Palmeiras x Athletico-PR pelo Brasileirão, em 28 de agosto de 2021 Imagem: Cesar Greco
Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

27/10/2021 14h02

Palmeiras e Athletico receberam sondagens e negociam com ao menos duas casas de apostas para a venda de direitos de TV fechada. O blog apurou que representantes das empresas conversam com os clubes sobre a possibilidade de transmitir os jogos do Brasileirão de 2022 e viraram os principais concorrentes do SporTV, que tem interesse na compra.

Os dois times foram os únicos que não fecharam com o canal da Globo depois de a TNT desistir da transmissão do Nacional a partir do ano que vem. Coritiba, Juventude, Santos, Ceará, Fortaleza e Bahia também estavam em situação parecida, mas eles já fecharam o acordo com o SporTV.

Nos primeiros contatos, o modelo debatido foi para que as casas comprassem os direitos, colocassem a transmissão em algum canal fechado, além de transmitir em uma plataforma própria que serviria para impulsionar as apostas entre usuários, a exemplo do que a TNT fazia.

Por conta da Lei do Mandante, os clubes poderiam negociar a transmissão de todos os jogos que fizerem em casa, mesmo que os rivais envolvidos tenham acordo com outras empresas.

Vale lembrar que Athletico e Palmeiras têm acordo com a Globo para a transmissão em TV aberta. No pay-per-view, apenas o Alviverde assinou com o Premiere, enquanto os curitibanos fecharam com a Jovem Pan.

As casas de apostas têm investido cada vez mais no futebol brasileiro, mesmo sem a atividade ser completamente legalizada no país. Também há um outro direito específico para streaming de betting que está sendo negociado à parte.

Siga também as opiniões de Danilo Lavieri no Twitter e no Instagram