PUBLICIDADE
Topo

Danilo Lavieri

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Testes de Abel deixam claro que Palmeiras precisa contratar centroavante

Abel Ferreira, técnico do Palmeiras, comanda equipe diante do Mirassol - Cesar Greco/Palmeiras
Abel Ferreira, técnico do Palmeiras, comanda equipe diante do Mirassol Imagem: Cesar Greco/Palmeiras
Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

26/04/2021 04h00

Abel Ferreira tem usado o Campeonato Paulista para fazer testes e conseguir ver quase todos os atletas do seu elenco em diferentes situações de jogo. Perdendo, ganhando, escalado em posições diferentes... Em todos essas ocasiões, ficou claro que o Palmeiras precisa contratar um centroavante.

O recado já tinha sido passado pelo treinador para a diretoria, que ainda não conseguiu encontrar um atleta que se encaixasse na política financeira do clube ou então não entrou em acordo para concluir a transação. O técnico chegou até a fazer comparações da posição com a de goleiro e disse que gostaria de ter três nomes: Luiz Adriano e mais dois.

Diante das limitações impostas pela pandemia, o comandante então reduziu a sua pedida a pelo menos mais um nome. Os últimos jogos do Estadual deixaram claro que essa é a maior necessidade do momento.

Rafael Elias teve oportunidades contra o Mirassol, mas parou em Muralha no primeiro tempo. No segundo, perdeu novas oportunidades. Isso não significa que o jogador não serve para o Alviverde e que precisa ser dispensado, mas é fato que ele não está pronto para ser escalado em jogos decisivos apesar de apresentar evolução.

Newton, outra opção para o setor, mostra muita força física e muita vontade, mas ainda não se adaptou às exigências técnicas nem mesmo do Estadual, imagina de uma Libertadores ou do Brasileirão. Gabriel Silva pode jogar no setor, teve alguns bons momentos, mas ainda está longe de mostrar o que já mostrou na base.

Para os lados, a impressão é que o Alviverde tem melhores opções, especialmente considerando que o elenco principal já tem alguns nomes que apresentaram bom futebol, como são os casos de Rony, Wesley, Willian ou até Gabriel Verón, que enfrenta problemas físicos. Além deles, a base oferece opções interessantes como a de Giovani, que foi bem nos jogos testados.

O Palmeiras tentou contratar Borré, do River Plate, mas recuou depois de não conseguir entrar em acordo rápido com o atacante. Além disso, o Alviverde ainda mantém negociações com o NY City para contratar Taty Castellanos. O argentino já demonstrou vontade de ser negociado, mas o time dos Estados Unidos não facilita a liberação.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL