PUBLICIDADE
Topo

Danilo Lavieri

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Preocupada com maratona, FPF faz reunião com atletas e recebe apoio

Mauro Silva, vice da FPF, organizou encontro com os atletas - Divulgação/FPF
Mauro Silva, vice da FPF, organizou encontro com os atletas Imagem: Divulgação/FPF
Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

03/04/2021 12h21

A Federação Paulista de Futebol (FPF) fez uma reunião com os líderes dos times da primeira divisão do Estadual para conscientizar os elencos sobre a maratona que virá pela frente. Com as restrições impostas pela pandemia e o aviso da CBF que o Brasileirão não será adiado, a entidade já prevê jogos de dois em dois dias e quis deixar os atletas avisados.

O encontro virtual foi organizado por Mauro Silva, ex-jogador e vice da FPF, e contou com nomes como Weverton e Felipe Melo, do Palmeiras, Fábio Santos e Cássio, do Corinthians, e Léo, do São Paulo. Anteriormente, a entidade já havia se reunido com dirigentes.

Na reunião todos os atletas manifestaram apoio à entidade e disseram entender as consequências da proibição de jogos realizados no Estado por conta da pandemia de covid-19.

Durante o encontro, inclusive, alguns atletas afirmaram que preferem disputar as partidas em São Paulo, evitando viagens para outras cidades que não tenham a mesma rigidez nas medidas sanitárias.

Palmeiras, com a Recopa Sul-Americana e Supercopa do Brasil, e o Santos, com a pré-Libertadores, são os que devem ter as piores sequências, com jogos na terça, na quinta e no fim de semana.

A expectativa é que o Governo e o Ministério Público respondam à proposta da FPF e permita jogos na próxima semana. Por enquanto, as autoridades estão caladas.

A CBF já avisou a todas as federações que não mudará o início do Brasileirão, previsto para o dia 30 de maio, o que obriga todos os Estaduais serem disputados no máximo até o dia 23 do mesmo mês, um fim de semana antes da estreia.