PUBLICIDADE
Topo

Danilo Lavieri

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Borré no Palmeiras: Empresário vai à Argentina para tentar fechar negócio

Borré comemora gol do River Plate contra o Nacional - Divulgação CARP
Borré comemora gol do River Plate contra o Nacional Imagem: Divulgação CARP
Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL*

25/02/2021 17h22

*Com Thiago Ferri, do UOL, em São Paulo

O Palmeiras deu mais um passo para tentar avançar na contratação de Santos Borré, do River Plate. André Cury, empresário de futebol que representa os palmeirenses nesta negociação, foi à Argentina na última terça-feira e está conversando diretamente com os empresários e com o próprio atleta.

VEJA TAMBÉM: Otávio resolve ficar na Europa, e Palmeiras busca novas opções

A ideia é que ele consiga convencer o atacante a aceitar uma proposta de quatro anos de contrato, que chega perto dos R$ 80 milhões no pacote total.

São 4,8 milhões de euros de luvas, o que significa pouco mais de R$ 32 milhões que serão divididos em parcelas ao longo de todo o contrato. Além disso, o atleta terá US$ 2 milhões de salário por ano livres de imposto. Ou seja, o Alviverde teria de arcar com R$ 11 milhões por ano, além dos impostos.

De acordo com o que a diretoria do Palmeiras ouviu, há otimismo em relação ao que foi apresentado na concorrência com o River Plate, mas ainda há cautela caso haja uma proposta da Europa.

Santos Borré tem contrato com o River Plate até o meio do ano e só se apresentaria ao Palestra Itália depois desse período, uma vez que o time brasileiro não pretende pagar nada para os argentinos.

LEIA MAIS: Palmeiras se desaponta com FPF e usará reservas contra o Corinthians