PUBLICIDADE
Topo

Belluzzo se revolta com ameaças e apoia Fagner, do Corinthians

Luiz Gonzaga Belluzzo, economista e professor da Unicamp - Fabio Braga/Folhapress
Luiz Gonzaga Belluzzo, economista e professor da Unicamp Imagem: Fabio Braga/Folhapress
Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

15/09/2020 15h32

O ex-presidente do Palmeiras Luiz Gonzaga Belluzzo ficou indignado com as ameaças feitas a Fagner, do Corinthians, por meio das redes sociais do filho do lateral.

A revolta foi tamanha que o dirigente procurou o blog para se manifestar publicamente e prestar solidariedade ao jogador do arquirrival palmeirense.

"Hipoteco minha total solidariedade ao jogador Fagner, do Corinthians. A ameaça feita à sua família na rede social de seu filho de dez anos é o mais baixo ataque que um desumano pode desferir. Futebol não é isso. Quem ameaçou não é torcedor. Trata-se de alguém ressentido que não suporta a desumanidade que habita sua alma. É um sujeito que merece o profundo desprezo de toda a sociedade e de todas as torcidas", afirmou o dirigente.

Além das ameaças a Fagner, os corintianos conviveram com protestos em tom de intimidação no aeroporto de Guarulhos após a derrota para o Fluminense. O episódio revoltou os atletas e a diretoria, que soltou nota oficial para lamentar o ocorrido.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.