PUBLICIDADE
Topo

Pressão sobre Rony cresce; Luxa já entregou lista com substitutos para Dudu

Rony, do Palmeiras, em jogo contra a equipe do Santo André - Cesar Greco
Rony, do Palmeiras, em jogo contra a equipe do Santo André Imagem: Cesar Greco
Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

02/08/2020 04h00

Com José Eduardo Martins, de São Paulo

O Palmeiras entra em campo hoje (2), a partir das 19h, para enfrentar a Ponte Preta pela semifinal do Paulistão. Com a lesão descartada, Rony está livre para entrar em campo e, provavelmente, ser mais uma vez titular de Vanderlei Luxemburgo. O treinador já deu mostras que é preciso paciência com o atacante para que ele se adapte ao novo clube e, principalmente, faça o torcedor esquecer a saída de Dudu.

Na visão do treinador, o atacante tinha mais a função de puxar o contra-ataque no Athletico, de explorar especialmente a sua velocidade. No Palmeiras, ele ainda precisa, de acordo com o comandante, aprender a propor mais o jogo, a atuar de outra maneira, tanto no drible quanto com a bola dominada.

O comandante falou disso após a sofrida vitória contra o Água Santa e, inclusive, misturou alguns conceitos táticos na hora de se explicar. O resumo, no entanto, é que Luxemburgo sabe da pressão que o atleta vai enfrentar com o tempo, especialmente se ele não começar a fazer boas apresentações.

Longe dos microfones e câmeras, o treinador já sinalizou para a diretoria alguns nomes que poderiam cumprir a função de Dudu caso haja a possibilidade de ir ao mercado, incluindo jogadores em atividade no futebol europeu. Ao menos a princípio, a lista ficará apenas na gaveta de Anderson Barros e companhia.

Dudu tem mais versatilidade tática em comparação a Rony e era um dos escapes, inclusive, da falta de criatividade que o Alviverde vive em 2020. Quando sofriam com a falta de passes decisivos, os palmeirenses podiam contar com os dribles do ex-camisa 7. Com a sua saída, a esperança era no bom rendimento de Rony.

O alto investimento na contratação do ex-jogador do Athletico-PR, inclusive, é um dos motivos que faz a diretoria não ter a intenção de ir ao mercado para repor a saída de Dudu. Ainda sofrendo com os reflexos da crise gerada pela pandemia, o Alviverde busca equilibrar o caixa e, como solução imediata pretendia usar apenas a base. Como Gabriel Verón se machucou, a alternativa foi pedir o retorno de Angulo, que estava emprestado no Cruzeiro.

O Palmeiras enfrenta a Ponte em jogo único pela semifinal do Paulista, no Allianz Parque de portões fechados. Veja as prováveis escalações:

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Felipe Melo e Diogo Barbosa (Matías Viña); Patrick de Paula, Gabriel Menino e Ramires (Lucas Lima); Willian, Rony (Gustavo Scarpa) e Luiz Adriano. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

PONTE PRETA: Ivan; Apodi, Trevisan, Wellington Carvalho e Lazaroni; Zanocelo, Dawhan e João Paulo; Jeferson, Bruno Rodrigues e Safira. Técnico: João Brigatti.