PUBLICIDADE
Topo

Danilo Lavieri

A duas semanas de estreia, Red Bull segue sem acordo com a Globo

Artur, do Red Bull Bragantino, comemora gol contra o São Paulo - Ari Ferreira
Artur, do Red Bull Bragantino, comemora gol contra o São Paulo Imagem: Ari Ferreira
Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

27/07/2020 11h40

Globo e Red Bull Bragantino ainda não chegaram a um acordo pelos direitos de transmissão para o Campeonato Brasileiro. O time do interior de São Paulo contratou até uma agência para tentar negociar com a emissora, mas as conversas seguem emperradas.

O modelo proposto pela Globo a outros clubes não é do agrado da equipe de Bragança Paulista por algumas cláusulas específicas, especialmente aquelas que condicionam o pagamento ao número de torcedores assinantes, como é o caso do acordo no pay-per-view.

A estreia do time na Série A está marcada para o próximo domingo, às 16h, na Vila Belmirol, contra o Santos. Em um primeiro momento, segundo a tabela divulgada pela própria CBF (Confederação Brasileira de Futebol) há cinco dias, não haverá transmissão da partida.

Apesar disso, tanto Red Bull quanto o Santos são a favor da MP do Mandante. Apenas São Paulo, Botafogo, Fluminense e Grêmio são contra a novidade do Governo Federal.

Por conta disso, as duas equipes estudam alternativas para evitar que o torcedor não consiga acompanhar ao jogo. Como os portões estarão fechados para a torcida por conta da pandemia de Covid-19, é possível que apenas poucos membros da imprensa e os próprios membros dos times possam assistir à partida ao vivo.

O Red Bull estuda a possibilidade de transmitir seus jogos em um canal próprio no Youtube, mas, para a estreia, isso dependeria de um acordo com o Santos, que é o mandante.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.