PUBLICIDADE
Topo

Punição a Rony chega no Palmeiras na pior hora possível. É a vez de Veron?

Rony foi titular do Palmeiras no duelo contra a Ferroviária pelo Paulistão - Bruno Ulivieri/Agif
Rony foi titular do Palmeiras no duelo contra a Ferroviária pelo Paulistão Imagem: Bruno Ulivieri/Agif
Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

13/07/2020 14h57

A punição oficializada hoje (13) pela Fifa que tira Rony dos gramados por quatro meses chega na pior hora possível para o Palmeiras. Seria ruim de qualquer jeito não contar com o atleta pelo qual você pagou 6 milhões de euros, mas a provável saída de Dudu agrava a situação.

O Alviverde tinha ciência da pendência jurídica envolvendo o ex-jogador do Athletico, mas, na época da contratação, avaliou que estava livre de uma eventual punição. A teoria se confirma com o anúncio de que o time paulista não será punido financeiramente, mas abre um rombo técnico para o treinador. Para minimizar o dano, o jogador vai recorrer, mas o futuro ainda é incerto.

Sem contar com Dudu, Vanderlei Luxemburgo teria em Rony a grande válvula de escape para jogadas que "quebram as linhas", aquelas que desmontam a defesa adversária. Já era ele o maior responsável pelas jogadas de lado com o camisa 7 deslocado para o meio, como vinha sendo antes da paralisação do calendário pela pandemia.

Se antes o problema de Luxemburgo era "apenas" encontrar um camisa 10 que conseguisse armar o time, agora, também precisará bolar uma alternativa para o lado. Willian provavelmente ocupará uma das vagas, mas sem as mesmas características de Rony e Dudu. Gustavo Scarpa e Lucas Lima já foram testados mais abertos, até mesmo por Felipão, mas não deram o retorno esperado. Será a hora de Veron?

O jovem das categorias de base pode ficar com toda a responsabilidade pelas jogadas de lado. Aos 17 anos, ele já vê a chance de ser titular contra o Corinthians, na reestreia do Paulista, aumentar. O atleta já mostrou que tem talento, não à toa renovou com direito a multa milionária recentemente. A diretoria, inclusive, já deu declarações que acredita nas categorias de base para substituir Dudu e não esconde que não pretende ir ao mercado quando o negócio com o Al-Duhail se concretizar.

Outra alternativa para o setor é Wesley, que também tem velocidade e pode atuar pelos lados. Aos 21 anos, ele ganhou destaque na base alviverde desde o sub-17 e fez parte do elenco sub-20 nas temporadas de 2017 e 2018. Emprestado ao Vitória no ano passado, o atacante terminou a Série B do Campeonato Brasileiro como o segundo maior driblador e o sexto jogador mais caçado.

Por fim, Luan Silva surge como outra possibilidade para Vanderlei Luxemburgo. O jovem também tem passagem pelo Vitória, mas precisa se livrar da série de lesões para surgir como uma oportunidade.