PUBLICIDADE
Topo

Times ainda discutem acordo, e saída de Dudu do Palmeiras pode ser adiada

Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

07/07/2020 13h52

Com Diego Salgado, do UOL, em São Paulo

Advogados de Palmeiras e do Al-Duhail, do Qatar, ainda discutem alguns itens do contrato que vai selar a saída de Dudu. Está definido que o acordo será por empréstimo de um ano, no valor de 7 milhões de euros (quase R$ 42 milhões), mas ainda não há uma assinatura para dizer que o negócio foi fechado.

Por conta disso, é possível que o anúncio oficial seja adiado novamente. A expectativa era que o Alviverde selasse a negociação até esta terça-feira (7), mas as pendências ainda impedem o fim da novela.

Ao contrário da situação da semana passada, no entanto, a diretoria palmeirense considera o negócio avançado, uma vez que já há a formalização do interesse.

O acordo de empréstimo foi feito a pedido de Dudu e inclui uma cláusula que permite o time árabe exercer a compra por mais 6 milhões de euros. Ainda há outras metas de desempenho que podem fazer o negócio totalizar 14 milhões de euros, o que significa, na cotação de hoje, quase R$ 85 milhões.

Antes da possibilidade do empréstimo, o que estava em discussão era a saída em definitivo do atleta por 13 milhões de euros e mais 1 milhão de euros baseado em metas. Os árabes, no entanto, tentaram mudar o que estava apalavrado verbalmente, o que fez o negócio esfriar.