PUBLICIDADE
Topo

Clodoaldo Silva

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Sem limites: pessoas com deficiência chegarão ao Espaço!

Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter
Clodoaldo Silva

Clodoaldo Silva é o primeiro ídolo do esporte paralímpico brasileiro. Um dos maiores nadadores do mundo, é dono de 14 medalhas (6 ouros, 6 pratas e 2 bronze) paralímpicas. Também é palestrante, empresário, atuante na área de inclusão das pessoas com deficiência e comentarista do esporte paralímpico.

18/02/2021 16h44

Ninguém segura a gente. Agora vamos para o espaço! Nesta semana, a Agência Espacial Europeia (ESA) entrou para a história, por ser a primeira a abrir inscrição para astronautas com deficiência, com o Projeto de Viabilidade do Parastronauta.

A agência também afirmou que ter mais mulheres no grupo e deixou claro que as candidaturas dos aspirantes qualificados são bem-vindas independentemente de gênero, orientação sexual, raça, crenças, idade e outras características.

O astronauta com deficiência selecionado fará parte do grupo reserva e participará de voos e projetos pontuais. No futuro, esse integrante deverá ser capaz de compor missões espaciais.

Segundo a Agência, o programa Paraestronauta está sendo iniciado em um momento em que as condições e tecnologias disponíveis garantirão missões mais seguras para as pessoas com deficiência.

Esse programa nos faz entender a quão representativa é a proposta e o quanto ela significa para as pessoas com deficiência. Chegar no espaço nos dar uma sensação ainda maior de liberdade e reconhecimento.

É lógico que tudo está no início e muitos estudos ainda irão ocorrer. Mas o primeiro passo está dado. Para mim e para milhões de pessoas com deficiência isso é ocupação. Eu sempre falo que é preciso a gente estar em todos os lugares para que o mundo nos veja. É aquela máxima: quem não é visto, não é lembrado.

Com certeza esse é um grande passo para a inclusão e representatividades dos programas espaciais, mas também serve de espelho para milhões de pessoas em todo o mundo.

Abraços aquáticos e excelente quinta para todos!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL