PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Confissão de doping de Armstrong pode tirar o ciclismo da Olimpíada, diz membro do COI

Lance Armstrong pode influenciar no fim do ciclismo nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro - AP Photo/Ricardo Mazalan
Lance Armstrong pode influenciar no fim do ciclismo nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro Imagem: AP Photo/Ricardo Mazalan

Das agências internacionais

Em Londres (Inglaterra)

15/01/2013 18h59

O ciclismo pode ser sacado do programa olímpico se a confissão de Lance Armstrong implicar que o organismo que regula o esporte encobriu um esquema maior de dopagem. Ao menos foi o que disse Dick Pound, membro do Comitê Olímpico Internacional, nesta terça-feira para a Reuters.

Pound disse que o COI pode ficar sem outra opção do que tomar esta drástica decisão se Armstrong provar que a União Internacional de Ciclismo agiu de forma incorreta no caso.

“O único jeito de limpar isso é que as pessoas envolvidas digam ‘ei, nós não estaremos mais na Olimpíada e é assim que queremos estar até que as coisas voltem ao normal”, disse Pound em uma entrevista por telefone.

Pound fez seus comentários após a apresentadora Oprah Winfrey confirmar que Armstrong admitiu usar substâncias dopantes em uma entrevista que foi gravada na segunda e será exibida na quinta e sexta.

"O COI terá de lidar com isso, o (UCI) não é conhecido por suas ações fortes com o antidoping", disse Pound, que já foi chefe da Agência Mundial Antidoping.

Esporte