PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Com prefácio de Galvão Bueno, livro narra vida de Acelino Freitas, o Popó

Do UOL, em São Paulo

01/11/2013 11h35

Quatro vezes campeão mundial de boxe, Acelino de Freitas, mais conhecido como Popó, recebeu, em 2003, um convite para posar nu para uma revista masculina. “Como não era compatível com seus objetivos de vida, o boxeador recusou”, revela trecho de sua biografia - autorizada - Com as próprias mãos (Ed. Panda Books), escrita pelo jornalista Wagner Sarmento.

Outra revelação foi a de que o empresário de Popó quis que ele se naturalizasse americano e residisse permanentemente nos Estados Unidos, para aprender inglês e assim aproveitar melhor as chances de publicidade. Em nome do “amor pelo Brasil”, o boxeador rejeitou a ideia e ficou por aqui mesmo.

Atualmente deputado federal, Popó tem sua vida contada no livro desde a infância difícil na Baixa de Quintas, bairro pobre de Salvador, até o triunfo no boxe. Venceu quatro títulos por duas categorias diferentes e estabeleceu marcas como 29 nocautes consecutivos.

O livro é prefaciado por Galvão Bueno, que narrou a maioria das lutas de Acelino Freitas.

Esporte