PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Morte de Kobe Bryant: piloto 'provavelmente' teve desorientação espacial

Astro do basquete morreu em um acidente de helicóptero no dia 26 de janeiro de 2020 -  Robyn BECK / AFP
Astro do basquete morreu em um acidente de helicóptero no dia 26 de janeiro de 2020 Imagem: Robyn BECK / AFP

Do UOL, em São Paulo

09/02/2021 12h34Atualizada em 09/02/2021 13h00

As causas da morte de Kobe Bryant, estrela do basquete vítima de um acidente aéreo em janeiro do ano passado na Califórnia, começaram a ser reveladas na tarde de hoje.

De acordo com a AP, investigadores de segurança dos EUA afirmaram que Ara Zobayan, piloto do helicóptero que caiu com o norte-americano, cometeu uma "aparente violação dos padrões federais" no trajeto.

Diante de uma manobra para evitar o mau tempo no local, o piloto "provavelmente" ficou desorientado nas nuvens pouco antes do acidente, ainda segundo a investigação.

Robert Sumwalt, presidente do Conselho Nacional de Segurança nos Transportes, disse ainda na audiência que a aeronave trafegava sob regras de voo visual, ou seja, ele precisava ser capaz de ser visto - algo que teria sido desobedecido.

O helicóptero, que não tinha sinais de falha mecânica, também não possuía os chamados dispositivos de gravação de "caixa preta" - que, neste caso, não eram necessários.

Além do piloto e Bryant, outras sete pessoas - incluindo uma filha do ex-jogador - morreram no acidente envolvendo o helicóptero.

Basquete