PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Ex-companheiro dispara contra Michael Jordan: "É um mentiroso"

Michael Jordan foi criticado por Horace Grant, ex-colega de time no Chicago Bulls - Focus On Sport/Getty Images
Michael Jordan foi criticado por Horace Grant, ex-colega de time no Chicago Bulls Imagem: Focus On Sport/Getty Images

Do UOL, em Porto Alegre

20/05/2020 10h00

Horace Grant, ex-colega de Michael Jordan no Chicago Bulls, disparou contra o astro. Após acompanhar o documentário Arremesso Final (The Last Dance), o ex-jogador se irritou com a postura do protagonista.

"Jordan é um mentiroso", disse à ESPN. "Se quiser, resolvemos as coisas como homens. Vamos falar disso, ou podemos resolver de outra maneira. Mente, mente, mente", completou. "Sabíamos que seria assim. Qualquer coisa dita contra ele seria cortada. Não é um documentário, muitas coisas foram cortadas", acrescentou.

Grant não gostou das declarações de Jordan sobre as relações entre os jogadores. Ao ser citado em um episódio sobre drogas, ele ficou bastante irritado.

"Ele disse que eu usava drogas, depois de 35 anos, por ver cocaína, maconha e mulheres no quarto de companheiros. Para que mencionar isso? O que tem a ver com isso? Se queres dizer que alguém usa drogas, é ele mesmo", disse. "Nunca falei nada sobre qualquer coisa por respeitar o vestiário", acrescentou.

Entre outras coisas, Grant chamou Jordan de 'rancoroso' e lembrou a relação dele com Charles Barkley.

"É um homem rancoroso. Se você diz algo sobre ele, vão cortar do documentário. Foi feito para destruir os outros personagens", reclamou.

O documentário Arremesso Final conta a temporada 1997/1998 do Chicago Bulls na NBA e está disponível no Netflix.

Basquete