PUBLICIDADE
Topo

Nike vê aumento de vendas com série sobre Jordan e destaca impacto cultural

Air Jordan, calçado usado por Michael Jordan na época de jogador - Focus On Sport/Focus on Sport via Getty Images
Air Jordan, calçado usado por Michael Jordan na época de jogador Imagem: Focus On Sport/Focus on Sport via Getty Images

Brunno Carvalho

Do UOL, em São Paulo

19/05/2020 04h00

Os 10 episódios da série "Arremesso Final", da Netflix, impactaram nas vendas da Nike. A procura por produtos da linha "Air Jordan", feita por Michael Jordan em parceria com a marca americana, aumentou no Brasil no período em que a atração foi exibida.

A parceria de Michael Jordan com a Nike resultou em uma mudança cultural tanto nos Estados Unidos como no Brasil. De uma hora para outra, os tênis de basquete deixaram de ser atrelados somente ao esporte e passaram a fazer parte da vestimenta do dia a dia.

"Podemos afirmar que a parceria da Nike com o Michael Jordan, em 1984, foi um divisor de águas na cultura dos jovens norte-americanos, que encontravam no então novato jogador da NBA a inspiração esportiva de dentro das quadras, mas que também buscavam o estilo de vida do astro em ascensão fora delas, seja nas roupas que Jordan usava, mas principalmente na questão dos tênis", afirmou Gustavo Viana, diretor de marketing da Nike do Brasil.

Um dos exemplos do impacto da marca "Air Jordan" para o basquete foi o leilão realizado na última semana do primeiro calçado de Michael Jordan em parceria com a Nike. O "Air Jordan 1", usado e autografado pela lenda do basquete, alcançou um recorde de US$ 560 mil (R$ 3,2 milhões).

"O clássico modelo nas cores vermelho, preto e branco é muito cobiçado até os dias de hoje, o que alçou o 'sneaker' a objeto de desejo em todo o planeta. No Brasil o movimento 'sneakerhead' começou a ganhar espaço nos anos 90, justamente quando a popularidade da NBA no Brasil foi alavancada com as transmissões dos jogos em rede aberta, pela Band. É natural que a procura dos produtos da linha Jordan tenham aumentado nas últimas semanas, quando a história desse ícone do basquete é contada", prossegue Viana.

Na série documental da Netflix, o cantor Justin Timberlake relembrou que juntava dinheiro para conseguir comprar o calçado quando era criança. "Você precisava ter um Air Jordan. A gente economizava dinheiro, cortava grama, fazia serviços, poupava e ficava na fila da Foot Locker [loja especializada em calçados esportivos]".

O sucesso de "Arremesso Final" não impulsionou apenas as vendas da Nike. A Netshoes, operadora da LojaNBA.com no Brasil, registrou um aumento de 650% das vendas dos produtos relacionados ao Chicago Bulls.

Basquete