PUBLICIDADE
Topo

Basquete


Flamengo sonhou em ter Kobe Bryant ao lado de Leandrinho em 2011

Kobe Bryant veste camiseta de Ronaldinho durante evento em Hollywood - Frederick M. Brown/Getty Images
Kobe Bryant veste camiseta de Ronaldinho durante evento em Hollywood Imagem: Frederick M. Brown/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

27/01/2020 14h29

No auge do loucaute da NBA em 2011, alguns jogadores procuraram outras opções para garantir um time fora do imbróglio trabalhista vivido pela liga. O Flamengo trouxe Leandrinho para seu elenco e chegou a sonhar ainda mais alto: ter também Kobe Bryant. O jogador aposentado morreu como número um absoluto em pontos, jogos e vitórias pelo Lakers.

Esta e outras histórias da carreira do maior jogador da NBA foram detalhadas na reportagem especial publicada pelo UOL Esporte em homenagem ao astro dos Lakers, morto ontem (26), aos 41 anos, em um acidente de helicóptero, ao lado de outras oito pessoas, entre eles a filha Gianna, de 13 anos e nova promessa nas quadras.

Enquanto o futebol do Flamengo contava com a estrela Ronaldinho Gaúcho, dirigentes do Rubro-negro começaram a mexer pauzinhos para tentar uma negociação.

Quem lembra a jogada ousada é Arnaldo Szpiro, então diretor de basquete do clube. "Um dirigente tinha contato com o pessoal dos EUA e trouxe essa possibilidade, colocou essa proposta na mesa. Sentamos eu, Patricia [presidente] e Calu [vice-presidente de esportes olímpicos], mas não dava, né? Eram valores totalmente fora da nossa realidade."

O sonho durou pouco. "A gente tentou por um ou dois dias alguma empresa que pudesse bancar isso na época. Mas era muito pouco tempo para um projeto tão grande", explicou Szpiro.

Basquete