Topo

Basquete


Heat suspende ala que passou mal após ingerir comprimido a base de cannabis

Dion Waiters - Streeter Lecka/AFP
Dion Waiters Imagem: Streeter Lecka/AFP

Do UOL, em São Paulo*

11/11/2019 10h50

O ala Dion Waiters recebeu uma suspensão de 10 jogos do Miami Heat, com a franquia da NBA citando vários exemplos de conduta prejudicial à equipe como a razão de sua segunda punição na temporada. O jogador teria passado mal na última semana durante um voo depois de ingerir um comprimido a base de THC (Tetraidrocanabinol, o princípio ativo da maconha).

A suspensão foi anunciada no domingo. Três dias antes, Waiters, de acordo com uma pessoa com conhecimento direto do assunto, foi tratado por uma emergência médica que começou no voo do Heat na noite de quinta-feira de Phoenix para Los Angeles.

Waiters, de acordo com a pessoa que falou com a Associated Press sob condição de anonimato, ingeriu pelo menos um comprimido a base de cannabis e teve uma reação séria o suficiente para exigir atenção médica quando o avião desembarcou em Los Angeles. Ele teria tido uma crise de pânico.

Segundo o jornal "USA Today", o atleta tomou o comprimido sem o consentimento da comissão médica da franquia, para aliviar uma suposta dor no seu estômago. O THC é substância proibida pela NBA.

"Estamos muito decepcionados com as ações de Dion nesta temporada, que incluem a situação muito assustadora na noite de quinta-feira e agradecemos que o resultado não tenha sido pior", afirmou o Heat em comunicado.

Waiters também foi suspenso para a abertura da temporada em Miami, após uma série de incidentes na pré-temporada e conflitos com o técnico Erik Spoelstra.

A suspensão de 10 jogos começou com a derrota de Miami para os Lakers na sexta-feira. O mais cedo que ele poderia retornar à programação de Miami seria 1 de dezembro, quando o Heat visitará o Brooklyn. Mas isso parece muito improvável, e o futuro dos Waiters com a franquia está sob sério risco.

* Com informações da agência AP

Basquete