PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Sem patrocinador, Brasília está fora da próxima temporada do NBB

Brito Júnior/Divulgação
Imagem: Brito Júnior/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

25/08/2017 19h13

Nesta sexta-feira (25), o Brasília anunciou que não participará da próxima temporada do Novo Basquete Brasil (NBB), que começa em outubro. Sem patrocinador desde a saída do centro universitário UniCeub, o time não conseguiu apresentar as garantias financeiras de R$ 1,2 milhão exigidas pela Liga Nacional de Basquete (LNB) e pediu uma licença de um ano da competição por falta de condições financeiras. 

Dono do clube, o Instituto Viver Esporte (IVE) publicou uma nota em nome do seu presidente, Homero Neto, responsável pela equipe do Distrito Federal, informando que fracassaram as tentativas de encontrar um patrocinador que pudesse investir no time. "Infelizmente, não conseguimos juntar todas as garantias. Vamos enviar um ofício à Liga informando o nosso afastamento desta temporada. Nossa ideia é tentar voltar no ano que vem", disse.

Em suas redes sociais, o Brasília justificou que sua atual situação é resultado da crise vivida no país e da falta de investimento no esporte. "A crise econômica pela qual passa o país, aliada à já conhecida ausência de incentivo ao esporte nacional, impossibilitaram a permanência da equipe na principal competição de basquete do Brasil", diz trecho da nota.

Dessa forma, seus jogadores estão livres para assinarem com outros clubes. São os casos de Deryk, Lucas Mariano, Jefferson Campos e João Phillype. Deryk está apalavrado com o Paulistano e Lucas Mariano deve seguir o mesmo caminho de Fúlvio e Guilherme Giovannoni e se juntar ao Vasco.

O Brasília é o segundo maior vencedor do NBB conquistando um tricampeonato seguido em 2009-10, 2010-11 e 2011-12, ficando atrás apenas do Flamengo que possui cinco títulos da competição.

 

Basquete