Topo

Basquete


Warriors voltam a deslanchar sobre os Cavs e abrem 2 a 0 na final da NBA

Stephen Curry e Kevin Durant comandaram mais uma vitória espetacular dos Warriors - Cary Edmondson/USA TODAY Sports
Stephen Curry e Kevin Durant comandaram mais uma vitória espetacular dos Warriors Imagem: Cary Edmondson/USA TODAY Sports

Do UOL, em São Paulo

04/06/2017 23h36

O segundo jogo da final da NBA seguiu o padrão do primeiro: grandes atuações individuais, duelo parelho no primeiro tempo e um terceiro quarto decisivo do Golden State Warriors para deslanchar e superar o Cleveland Cavaliers. Jogando em casa, o GSW contou de novo com atuações de gala de Stephen Curry e Kevin Durant para vencer por 132 a 113 e abrir 2 a 0 na série decisiva.

Curry fez pela primeira vez um triplo-duplo em playoffs, com 32 pontos, 10 rebotes e 11 assistências. Já Durant teve atuação completa, com 33 pontos, 13 rebotes, 6 assistências, 5 tocos e 3 roubadas de bola.

Atuação fantástica de LeBron James não foi suficiente para os Cavaliers - Kyla Terada/USA TODAY Sports
Atuação fantástica de LeBron James não foi suficiente para os Cavaliers
Imagem: Kyla Terada/USA TODAY Sports

Do lado dos Cavs, LeBron James teve excelente desempenho individual (29 pontos, 11 rebotes, 14 assistências) e quebrou duas marcas: tornou-se o segundo jogador com mais assistências na história das finais da NBA e empatou com Magic Johnson como o atleta com mais triplos-duplos. Mas mesmo com uma boa contribuição de Kevin Love (27 pontos e 7 rebotes), não foi suficiente para superar a consistência das estrelas do Golden State.

O terceiro jogo da final, o primeiro a ser disputado em Cleveland, acontece na próxima quarta-feira (7). O primeiro time a acumular quatro vitórias fica com o título.

Durant tem início avassalador

Os Cavs começaram mais ligados, com LeBron James e Kevin Love acertando quase tudo, mas não demorou para os Warriors reagirem. O primeiro a chamar a responsabilidade foi Klay Thompson, discretíssimo no jogo 1.

Foi então que Kevin Durant, grande destaque da primeira partida, também começou a jogar. O ala do Golden State fez praticamente tudo no primeiro quarto (terminou com 8 pontos, 3 rebotes, 3 assistências, 3 roubadas de bola e 2 tocos), com direito até a passe para ponte aérea de JaVale McGee.

Os Warriors chegaram a abrir 10 pontos de frente, mas os Cavs reagiram no fim para diminuir a desvantagem para 40 a 34.

Cavs reagem com Love e LeBron

O Golden State começou melhor o segundo quarto e ameaçou deslanchar como fizera no primeiro jogo. Mas LeBron e Love mantiveram o alto nível e foram os principais responsáveis por não deixarem os donos da casa dispararem no placar.

Com Durant e LeBron dando shows à parte, com atuações completas, o segundo quarto foi espetacular. No estouro do cronômetro, Kyrie Irving acertou uma bandeja para diminuir a vantagem do Golden State para apenas três pontos: 67 a 64.

O lance também serviu para LeBron ultrapassar Jerry West e se tornar o segundo jogador com mais assistências na história das finais da NBA, atrás apenas de Magic Johnson.

Curry domina o terceiro quarto

Até então fazendo um jogo "normal" para seus padrões, Stephen Curry repetiu o jogo 1 e subiu de nível no terceiro quarto. Começou a acertar suas tradicionais bolas de três pontos e levantou a torcida em uma jogada individual na qual tirou LeBron para dançar.

LeBron manteve o bom nível e chegou ao triplo-duplo (27 pontos, 10 rebotes, 12 assistências), empatando com Magic Johnson com o maior número de triplos-duplos na história das finais da NBA – oito.

Porém, com Love mais discreto e Irving errando muito, James não conseguiu sozinho manter os Cavs na cola dos Warriors no placar. Curry acertou mais uma cesta fantástica de fora do garrafão, e o Golden State terminou a parcial com 102 a 88 no marcador.

Show de Durant fecha a vitória

O Cleveland Cavaliers não teve chances de tirar a diferença no último quarto. Os Warriors foram implacáveis coletivamente, Curry manteve o alto nível - chegando ao primeiro triplo-duplo da carreira nos playoffs - e Durant foi fenomenal, dominando a partida tanto na defesa como no ataque.

Basquete