PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Banido da casa dos Knicks, ídolo é convidado e vê jogo do lado de rival

Charles Oakley acompanhou Knicks x Cavs do lado da quadra - Tony Dejak/AP
Charles Oakley acompanhou Knicks x Cavs do lado da quadra Imagem: Tony Dejak/AP

Do UOL, em São Paulo

24/02/2017 16h08

Após ser detido dentro do Madison Square Garden, casa do New York Knicks, o ex-jogador e ídolo do time Charles Oakley voltou a acompanhar presencialmente a uma partida de Carmelo Anthony e companhia na última quinta-feira (24). O ex-atleta acompanhou o jogo entre Knicks e Cleveland Cavaliers na Quicken Loans Arena nos assentos vizinhos à quadra.

De acordo com o site Cleveland.com, a presença de Oakley ocorreu após um convite de Frederick Nantz, advogado de LeBron James, e de Dan Gilbert, dono dos Cavaliers. Ele assistiu "de camarote" à derrota dos Knicks por 119 a 104, com direito a um triplo-duplo de LeBron James (18 pontos, 15 assistências e 13 rebotes). O ex-atleta acompanhou ao jogo ao lado do proprietário dos Cavs.

A ida de Oakley ao jogo dos Knicks acontece menos de 20 dias depois dele ter sido arrastado para fora do Madison Square Garden e conduzido a um distrito policial em Nova York acusado de agressão e invasão. Por conta disso, o empresário James Dolan, dono dos Knicks, baniu Oakley da arena e insinuou que o ex-jogador sofre com um problema de alcoolismo.

A história tomou uma repercussão negativa contra Dolan, que em uma conversa com o comissário da NBA Adam Silver e outra com Michael Jordan voltou atrás, liberando a entrada de Oakley na casa dos Knicks.

O ex-jogador é crítico à gestão de Dolan e querido pela torcida da franquia nova-iorquina, a qual tem pouco respeito pelo proprietário da equipe.

Basquete