PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Jogador da NBA põe dedo na cara de repórter e o ameaça após notícia

Do UOL, em São Paulo

17/12/2016 11h00

O pivô DeMarcus Cousins, do Sacramento Kings, é proporcionalmente talentoso e encrenqueiro. Envolvido em confusões comportamentais dentro e fora de quadra, o destaque da equipe da capital da Califórnia protagonizou um novo capítulo de problemas de comportamento na noite de segunda-feira (12), ao intimidar um repórter do jornal “Sacramento Bee”.

Após a vitória dos Kings por 116 a 92 no Golden 1 Center, o jogador foi tirar satisfações com Andy Furillo por conta de um texto escrito a respeito da briga em uma boate nova-iorquina, a qual virou caso de polícia e teve o envolvimento de Cousins e Matt Barnes, seu colega de time.

Furillo escreveu sobre o incidente que acabou com o irmão do pivô detido e questionou as decisões tomadas pelo atleta e seu colega de time fora das quadras. Talvez ele e e Barnes devam encontrar lugares melhores para sair.”

Cousins se irritou com o que foi publicado, colocou o dedo em riste na direção do rosto de Furillo e ameaçou. “Vamos ter uns problemas bem sérios. Nunca mais mencione meu irmão”, teria dito o jogador, segundo relatou Joyce Terhaar, editora executiva do Sacramento Bee, em um texto publicado neste sábado (17).

O clima esquentou, mas foi apartado pelo jogador Garrett Temple, que tentou acalmar o jogador. O Sacramento Kings emitiu um comunicado sobre a confusão:  “Estamos comprometidos em sermos abertos e transparentes e qualquer sinal de censura à imprensa é inaceitável. Temos uma análise em andamento deste incidente e tomaremos os passos apropriados imediatamente assim que a terminarmos.”

Em sete anos na NBA, DeMarcus Cousins teve seis técnicos no Sacramento Kings, além de um elenco que trocou diversos jogadores. O principal motivo apontado para a instabilidade é a volatilidade emocional do pivô.

Basquete