PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Mulher de Curry detona NBA pelo Twitter, se arrepende e apaga mensagem

Ezra Shaw/Getty Images
Imagem: Ezra Shaw/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

17/06/2016 14h18

O armador Stephen Curry não foi o único a perder a cabeça durante a derrota do Golden State Warriors contra o Cleveland Cavaliers nas finais da NBA. No momento da exclusão do MVP da temporada, Ayesha Curry, mulher do jogador, tuitou uma mensagem que soou como um misto de desabafo e acusação à NBA.

“Eu perdi todo o respeito. Desculpa, isso está totalmente manipulado por dinheiro ou pontos de audiência, não sei o que. Não vou ficar em silencio. Acabei de ver ao vivo, desculpa”, publicou Ayesha no Twitter – texto que foi deletado pouco tempo depois, mas registrado por internautas.

Ayesha Curry - Twitter/Reprodução - Twitter/Reprodução
Imagem: Twitter/Reprodução

Posteriormente, a mulher do armador voltou a se manifestar, relatando uma noite estressante além da derrota dos Warriors.

“Estou ok com a derrota... Só não suporto pessoas atacando minha família por absolutamente nenhum motivo. Algo que eu não entendo e defendo. A polícia foi racista com meu pai, pediu que ele removesse as credenciais e tentou prendê-lo. Foi uma noite longa. Eu me desculpo: tuitei no calor do momento porque a falta não existiu”, esclareceu Ayesha.

Ela e outros familiares de jogadores dos Warriors tiveram problemas para entrar na Quicken Loans Arena, local onde foi realizado o jogo 6 das Finais. Ayesha relatou o fato no Twitter, explicando que mais de 100 pessoas ficaram presas do lado de fora da arena até dez minutos antes do início da partida.

Basquete