PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Kobe se machuca após errar cesta e fica fora por tempo indeterminado

Kobe Bryant se machucou no último lance do jogo - Curtis Compton/AP
Kobe Bryant se machucou no último lance do jogo Imagem: Curtis Compton/AP

Do UOL, em São Paulo

14/03/2013 00h56

Não foi apenas a derrota por 96 a 92 que fez o Los Angeles Lakers lamentar nesta quarta-feira (14). No fim do jogo, Kobe Bryant teve a oportunidade de empatar a partida, que estava 94 a 92, mas, ele errou a cesta e ao cair no chão, torceu o tornozelo esquerdo.

Segundo o site americano Yahoo, Kobe, que pisou no pé de Dahntay Jones na queda, fez exames ainda no ginásio de Atlanta para detectar a gravidade da lesão. No entanto, os Lakers não conseguiram determinar um tempo para que o atleta se recupere.

Na partida, Kobe Bryant era o cestinha da partida. O jogador foi responsável por 31 dos 92 pontos feitas pela sua equipe.

Em seu perfil no Twitter, após a derrota, Kobe reclamou do lance e disse que sofreu falta de Jones. “Jogada perigosa deveria ter sido marcada e ponto final”, escreveu o atleta.

O jornalista Adrian Wojnarowski, do Yahoo, escreveu em seu Twitter uma frase dita por Kobe logo após o jogo. “Não entra na minha mente o fato de que terei de esperar um ano para me vingar”, disse o atleta do Lakers. Veja o lance da lesão no blog Bala na Cesta.

Outra partida teve emoções na quarta-feira: um dia após Dwight Howard voltar a Orlando após toda a polêmica que criou, forçando sua saída, antes de ir para o Los Angeles Lakers, a noite de quarta-feira foi dia de outro retorno na NBA. Em Denver, Carmelo Anthony jogou pela primeira vez na cidade com a camisa do New York Knicks, duas temporada depois de forçar sua saída dos Nuggets.

Mas, diferentemente de Howard, Melo não teve sorte: o Denver levou a sério a revanche desejada pela sua torcida e venceu: 117 a 94. Ele teve péssima atuação, com apenas 9 pontos.

Ele foi vaiado durante a apresentação das equipes quando teve seu nome chamado. Alguns torcedores de Denver tentaram aplaudi-lo, mas foram minoria. Toda vez em que pegou na bola durante a partida, o ginásio foi tomado por vaias.

Por fim, a torcida, com a vitória já definida, resolveu provocar: “Who needs Melo?”, cantavam, o que em tradução livre significa “Quem precisa de Melo?”.

  • Torcedor do Denver Nuggets provoca Carmelo Anthony no retorrno do astro a Denver após ter força sua saída da equipe

MIAMI HEAT ENTRA PARA HISTÓRIA E NENÊ SE DESTACA PELOS WIZARDS

  • Heat obtém marca histórica e avança

    Com 48 pontos combinados da dupla LeBron James e Dwyane Wade, o Miami Heat obteve mais um triunfo, sobre o Philadelphia 76ers, por 98 a 94, e alcançou a 20ª vitória seguida na temporada, se tornando apenas o quarto time na história da NBA a alcançar a marca.

    James foi o melhor do jogo, com 27 pontos, oito assistências e sete rebotes. Wade veio logo atrás, com 21 pontos e mais oito rebotes. Pelos Sixers, o ala Thaddeus Young anotou 24 pontos e 15 rebotes.

    Com mais esta vitória, a 49ª na atual temporada, o Miami Heat, primeiro colocado do Leste, foi a primeira equipe a se garantir matematicamente nos playoffs.

  • Com duplo-duplo de Nenê, Wizards vencem

    Longe da zona de classificação aos playoffs, o Washington Wizards contou com boa atuação do pivô brasileiro Nenê, autor de um duplo-duplo de 13 pontos e 13 rebotes, fundamento em que foi o melhor da partida, para bater o Milwaukee Bucks por 106 a 93.

    O melhor dos Wizards foi o armador John Wall, com 23 pontos e dez assistências, além de quatro roubos de bola. O cestinha do jogo, porém, veio dos derrotados. Monta Ellis conferiu 26 pontos, além de dar oito assistências pelos Bucks, que ocupam a 8ª colocação da Conferência Leste.

Basquete