PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Hortência diz que demitiu técnico da seleção feminina de basquete por causa do Pan

Do UOL Esporte

Em São Paulo

20/12/2011 08h58

A derrota na semifinal dos Jogos Pan-Americanos deste ano para a modesta seleção de Porto Rico custou o emprego de Ênio Vecchi à frente da seleção feminina de basquete. A revelação foi feita por Hortência Marcari, diretora da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), em conversa durante evento do COB presenciada pelo O Estado de S. Paulo.

“Demiti o Ênio por causa do Pan, sim. É inadmissível usar o Pan-Americano para fazer testes”, disse Hortência, segundo o jornal, em conversa com alguns amigos, entre eles o ex-jogador de vôlei Bernard Rajzman (chefe da missão em Guadalajara) e o mesa-tenista Hugo Hoyama. A ex-jogadora não percebeu a presença de jornalistas.

“Aqui me irritou profundamente. Quer fazer testes, que os faça lá no Vitória-Basquete”, emendou a hoje dirigente, referindo-se ao time comandado por Ênio Vecchi na temporada 2010/11.

Na semana passada, quando a demissão de Ênio Vecchi foi anunciada, Hortência negou que a decisão estivesse relacionada aos resultados no Pan. “Não teve nada a ver com o Pan. Houve apenas um realinhamento.”

Antes do Pan, Ênio Vecchi conseguiu classificar a seleção feminina para as Olimpíadas de Londres, 2012, ao vencer o Pré-Olímpico disputado na Colômbia. No Pan, contudo, perdeu a semifinal para Porto Rico e depois ficou apenas com a medalha de bronze.

Basquete