PUBLICIDADE
Topo

Esporte

'Empresário e psicólogo', André Domingos ajuda volta por cima de punidos por doping

André Domingos (c) incentivou Lucimara Silvestre (e) e Bruno Lins, campeões no Pan - Arte UOL/Charles Naseh e Paula Almeida
André Domingos (c) incentivou Lucimara Silvestre (e) e Bruno Lins, campeões no Pan Imagem: Arte UOL/Charles Naseh e Paula Almeida

Paula Almeida

Em São Paulo

08/11/2011 06h01

Dois ouros nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara tiveram sabores diferentes para atletas brasileiros. Lucimara Silvestre, no heptatlo, e Bruno Lins, no revezamento 4x100 m, subiram no lugar mais alto do pódio e deixaram para trás dois anos de punição por doping. Em ambos os casos, um nome foi especialmente citado: André Domingos. Um dos maiores velocistas do atletismo verde-amarelo, o ex-atleta foi, nas próprias palavras dele, “empresário, pai, psicólogo” dos dois esportistas no período de afastamento e foi apontado por eles como fundamental para a volta por cima que culminou nas medalhas douradas no México.

André se aproximou de Lucimara e Bruno em Presidente Prudente, ainda no período em que era atleta da extinta equipe Rede Atletismo. Depois do escândalo de doping que rendeu punições a cinco atletas e o banimento de dois técnicos, o medalhista olímpico, que chegou a ser porta-voz do time de atletismo antes da polêmica, se aproximou ainda mais de Lucimara e Bruno, tornou-se empresário de ambos e lhes mostrou que um recomeço seria possível.

“Na verdade, durante esse tempo todo, eu fui pai, fui psicólogo, fui tudo deles. Eles me ouvem muito pela minha história como atleta, por todos os títulos que eu conquistei”, contou André Domingos em entrevista ao UOL Esporte. “Acho legal você ouvir uma pessoa de 39 anos, um ídolo nacional. Eu fui psicólogo, fui tudo deles, eles me ouviram e está aí o resultado. Não tenho dúvida que em Londres [Jogos Olímpicos de 2012] esses nomes vão dar uma alegria muito grande para a nossa bandeira”.

Como empresário e amigo, André Domingos arranjou patrocínios e ofereceu condições para que Lucimara e Bruno não desistissem da carreira e continuassem treinando para o momento em que a punição acabasse.

“Foi muito complicado o período do doping, principalmente para a Lucimara, que é uma atleta muito carente. Os pais e irmãos não têm tanto recurso financeiro e dependiam exclusivamente dela. Ela pensou inúmeras vezes em parar, desistir e até trabalhar de empregada doméstica. Eu falei que não. Aí eu arrumei uma casa pra ela ficar, arrumei o patrocínio de um restaurante que dá toda a parte de alimentação dela. Eu acho que valeu muito a pena ter dado todo esse apoio, não me arrependo nem um pouco, ela é uma campeã e vai fazer história em Londres”, revelou André, reiterando a confiança que tem na heptatetla para a Olimpíada.

Lucimara ainda se emociona sempre que fala do doping e da volta por cima. Com a voz embargada na conversa com o UOL, ela agradeceu André e se disse conformada com os obstáculos do passado. “Eu acho que tudo que eu passei nesses dois anos serviu de lição pra mim. Eu fiquei mais madura. Tudo isso que está acontecendo na minha vida tem que acontecer porque tem um sentido”, disse a campeã do heptatlo no Pan-2011.

Bruno fala de maneira mais aberta sobre o doping que o tirou das pistas por dois anos e faz questão de agradecer André Domingos, além de sempre citar o apoio da família.

“Ele foi sensacional. Ele falava que a gente ia voltar e competir bem. Em 2007, eu não sabia da minha capacidade, e ele já dizia que eu ia ser o melhor corredor de 200 m do Brasil. Então ele sempre fala isso, sempre me apoia, e isso enche meu peito de orgulho. Fico muito feliz de saber que o André Domingos é meu empresário, meu fã, me apoia e acredita em mim, um cara que eu desde criança via na televisão, torcia, e hoje está do meu lado”, comentou o velocista.

Empresário de apenas dois atletas por enquanto, André já se movimenta para trazer mais esportistas para sua lista de agenciados. Sem fazer cursos ou especializações na área até agora, ele espera aproveitar o bom passado de esportista e os contatos que fez ao longo da carreira para crescer em sua nova investida.

Esporte