Guarda rancor

5 vezes em que Nelson Piquet atacou a TV Globo

No último domingo (28), o ex-piloto Nelson Piquet se referiu à TV Globo como "Globo lixo" durante um programa ao vivo na Band. Não foi a primeira vez que o tricampeão da Fórmula 1 atacou o canal e estrelas da emissora. Arraste para o lado e relembre.
Reprodução
No ano passado, Piquet disparou contra seu desafeto Galvão Bueno, um dos principais narradores da emissora. "Ele não entende p... nenhuma de automobilismo", bradou, em reação a um antigo comentário sobre uma disputa com Ayrton Senna na pista, em 1986.
Reprodução/TV Globo
Piquet voltou à carga meses depois ao se referir a Galvão como "aquela besta". O vídeo seria usado em uma homenagem a Reginaldo Leme no SBT, mas acabou não indo ao ar.
Reprodução
Na mesma ocasião, fez outro vídeo ainda menos cortês. "Quero saber do Reginaldo [Leme] como ele conseguiu passar tanto tempo trabalhando naquela 'Globo lixo'. Haja saco!", falou.
Reprodução
Em fevereiro, quando a Band anunciou que voltaria a transmitir a F1, Piquet celebrou. "Fico muito feliz, já que a Band transmitiu a Fórmula 1 na minha primeira vitória em 1980", afirmou, desta vez sem citar a Globo.
Reprodução
A última de Piquet foi na abertura da nova temporada da F1 na Band, pouco antes do GP do Bahrein, neste domingo. O ex-piloto disse que o jornalista Reginaldo Leme, seu amigo, "largou a Globo lixo" antes de ir à Band.
Reprodução / Internet
As investidas de Piquet têm muito a ver com o que ele considera ter sido uma cobertura parcial da Globo, favorável a Senna, nos anos 1980. Mas o rancor tem também tempero político, como sugere o próprio termo "Globo lixo".
Reprodução
Em maio de 2020, por exemplo, Piquet abraçou o discurso bolsonarista que minimizava a pandemia de covid-19. "Tanta gente morre de tantas outras doenças? Não vou discutir isso porque não sou médico, mas estou do lado do Bolsonaro", disse na ocasião.
Reprodução
Publicado em 30 de março de 2021.