Famosos que torcem pelo Palmeiras

Hugo Hoyama

Palmeirense desde a infância, o mesatenista já disse que sempre que pode acompanha os jogos do Palmeiras, seja indo ao estádio ou pela internet quanto está distante. Porém, após a pandemia, as idas ao Allianz Parque ficaram menos frequentes.
Reprodução/Instagram/@hugohoyama

Aula especial no Verdão

Durante a inauguração da nova sala de tênis de mesa do Palmeiras, em 2017, Hugo Hoyama foi convidado pela diretoria para dar uma aula para os associados do Verdão. O objetivo na época era usar a modalidade para trazer novos adeptos ao clube.
Reprodução/Instagram/@hugohoyama

Thaeme

A cantora Thaeme, que faz dupla sertaneja com Thiago, se apaixonou pelo Palmeiras na infância. O "culpado" foi seu pai, que também é palmeirense.
Reprodução/Instagram

Show em parceria com o clube

Em 2020, no auge da pandemia de covid-19, a cantora fez um show em live promovido pela Palmeiras juntamente com a prefeitura da cidade de Vinhedo (SP). A ideia foi arrecadar para a Santa Casa da cidade.
Reprodução/Instagram @thaeme

Carlos Tramontina

O jornalista é presença constante no Allianz Parque durante os jogos do Palmeiras. No ano passado, inclusive, ele recebeu uma camisa das mãos de Leila Pereira.
Divulgação/Palmeiras

Garoto propaganda

O amor pelo Palmeiras também tornou Tramontina um "garoto-propaganda" do clube. Em dezembro do ano passado, ele grafou uma propaganda do Palmeiras Pay, o cartão do clube.
divulgação/Estúdios Flow

Nívea Stelmann

Apesar de ser carioca, Nívea contou que se apaixonou pelo Palmeiras após assistir a uma partida, e até já posou com a camisa alviverde para uma revista sobre o clube.
Paulo Damasceno/TV Globo

Presente nos jogos

Atualmente fora do campo da atuação, Nívea sempre marca presença no Allianz Parque para acompanhar os jogos do Palmeiras em casa.
Reprodução/Instagram/Palmeiras

Rodriguinho

O cantor disse que nunca foi muito ligado ao futebol durante a infância, mas que pegou amor. "De repente eu comecei a jogar futebol com a galera da escola, foi naquela era Parmalat, ai eu comecei a assistir os jogos, e era o momento que o Palmeiras acabava com todo mundo", disse.
Reprodução/Instagram

Nada de cornetar

Apesar de acompanhar muitos jogos e ser amigo pessoal de alguns jogadores do Palmeiras, Rodriguinho não costuma ser corneteiro quando fazem algo errado. "Não tem como você falar se não você vai ouvir outra", disse.
Reprodução/Instagram

Roberto Carlos

O carinho do "Rei" pelo Palmeiras veio quando ele se mudou para São Paulo, nos anos 60. A principal responsável por isso foi Cleonice Rossi Martinelli, a Nice, sua primeira esposa. Em 2014, ele foi homenageado pelo clube, recebeu uma camisa e ganhou um plano de sócio.
Divulgação/Palmeiras

Amor dividido

O Verdão divide espaço com o Vasco no coração de Roberto Carlos. Durante um show em 2009, ele se declarou aos dois clubes. "Eu sou palmeirense em São Paulo e vascaíno no Rio. Difícil é quando estão jogando os dois", disse.
Getty Images
Publicado em 01 de dezembro de 2023.