Brasileirão

Avassalador

Atropelo rubro-negro

O Flamengo não deu chances para o Corinthians na tarde de ontem (3), no Maracanã, e venceu a equipe paulista por 4 a 1. Com o resultado, os comandados de Jorge Jesus conseguiram manter a vantagem de 8 pontos para o vice-líder Palmeiras e caminham forte rumo ao título nacional.
Thiago Ribeiro/AGIF

Mais uma vitória com muita qualidade. Voltamos a jogar como Flamengo. Fizemos o que habitualmente fazemos durante a semana e transportamos para o jogo. Jogamos contra um rival forte, que ainda não tinha sofrido quatro gols.

Jorge Jesus,
técnico do Flamengo
Thiago Ribeiro/AGIF

Correndo atrás

O Palmeiras encarou o Ceará no Allianz Parque, no sábado (2). Em tese, seria um jogo fácil, uma equipe que disputa o título contra outra que briga para fugir da zona de rebaixamento. No entanto, se não fosse o brilho do goleiro Weverton, o Alviverde estaria muito mais distante do Flamengo.
Bruno Ulivieri/AGIF

Teremos uma semana muito difícil, dois jogos fora de casa, sabemos como é difícil, mas vamos nos preparar para isso. No começo do ano, li algumas referências diferentes para o verde, mas eu continuo achando que o verde é a cor da esperança.

Mano Menezes,
técnico do Palmeiras
Bruno Ulivieri/AGIF

Disputa acirrada

Rodada após rodada, a briga para chegar à Libertadores fica mais disputada. Com vitórias importantes, São Paulo e Grêmio conseguiram abrir uma pequena vantagem que poderá fazer a diferença na sequência do Brasileirão.
TARLA WOLSKI/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
O Tricolor do Morumbi venceu a Chapecoense, fora de casa, e se consolidou no G-4 do campeonato nacional. Com os três pontos, o São Paulo abriu seis pontos do 7º colocado, o Internacional, primeiro time fora da zona de classificação para a competição continental.
Marcelo Zambrana/Agif
O Tricolor gaúcho venceu o Gre-Nal e segue de perto o São Paulo. Apenas dois pontos separam as equipes na tabela de classificação. Na semana passada, o treinador Renato Gaúcho prometeu que o Grêmio estaria na Libertadores de 2020.
Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Além de ser goleado pelo Flamengo, o Corinthians ficou um pouco mais longe da vaga direta para a Libertadores. em uma amarga 8ª posição. Com o revés, o técnico Fábio Carille deixou o comando técnico da equipe.
Thiago Ribeiro/AGIF

Ninguém quer fugir

As equipes que brigam para sair do Z-4 não conseguiram aproveitar esta rodada. Dentro da zona de rebaixamento, nenhum clube venceu e as equipes que estão próximas também não abriram vantagem dos adversários diretos.
Heber Gomes/AGIF
O Cruzeiro ficou no empate contra o Bahia, em pleno Mineirão, e perdeu a oportunidade de abrir quatro pontos do Fluminense, primeira equipe dentro do Z-4.
Fernando Moreno/AGIF
O Flu empatou com o Vasco, no Maracanã, em jogo de pouca inspiração. O resultado sem gols não ajudou nenhuma das equipes.
Lucas Merçon/Fluminense FC
O CSA não suportou a pressão do Athletico e foi derrotado em Curitiba. Uma vitória deixaria a equipe alagoana a um ponto do Cruzeiro.
Robson Mafra/AGIF
arte/UOL
arte/UOL
Arte/UOL
Na ausência de Gabigol, Bruno Henrique foi quem chamou a responsabilidade no ataque do Flamengo. Ele marcou três gols e garantiu que o Rubro-negro mantivesse a vantagem para o Palmeiras de 8 pontos.
Ricardo Moraes/Reuters

Weverton (Palmeiras)

O goleiro alviverde foi o principal responsável pela vitória de sua equipe sobre o Ceará. Além de pegar um pênalti no primeiro tempo, Weverton fez grandes defesas que impediram o empate da equipe cearense.
Matheus Sebenello/AGIF

Gabriel Dias (Fortaleza)

Além de marcar os dois gols do Fortaleza na partida, o volante salvou uma bola em cima da linha e de calcanhar que evitou um gol claro do Atlético-MG.
Divulgação/Site oficial do Fortaleza
Arte/UOL

Marcelo Lomba (Internacional)

O goleiro do Colorado deu uma entrada dura no atacante Luciano e acabou sendo expuslo nos minutos iniciais da etapa final. Com um a menos, o Inter não teve forças para se reencontrar na partida.
Pedro Vale/AGIF

Bergson (Ceará)

O atacante da equipe cearense desperdiçou uma penalidade que poderia ter mudado o rumo da partida contra o Palmeiras. Além disso, Bergson perdeu a posse de bola sete vezes dando chances de contra-ataque ao Alviverde.
XANDY RODRIGUES/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Geuvânio (Atlético-MG)

No primeiro minuto da etapa complementar, Geuvânio foi expulso e fez com que o Galo jogasse todo o segundo tempo com um jogador a menos. Enquanto esteve em campo, o atacante foi muito pouco efetivo.
Marcelo Alvarenga/AGIF
Arte/UOL

Flamengo "demite" mais um

O Rubro-negro goleou o Corinthians e a derrota do clube paulista decretou o fim da 'Era Carille'. No entanto, essa não foi a primeira vez que o Flamengo causou problemas aos adversários. No primeiro turno, após vencer o Palmeiras por 3 a 0, o técnico Felipão foi demitido do Alviverde.
Thiago Ribeiro/AGIF

Pior derrota em 3 anos

Com a goleada sofrida para o Flamengo ontem à tarde, o Corinthians sofreu sua pior derrota nos últimos três anos. Em novembro de 2016, o Alvinegro perdeu por 4 a 0 para o São Paulo, quando a equipe era dirigida por Oswaldo de Oliveira.
Marcello Zambrana/AGIF
Arte/UOL

Mas que negócio de maluco! O Lomba vai ser expulso por uma jogada que não valia. VAR te catar. VAR te catar porque a tecnologia está à disposição da justiça do jogo. E não é o que a gente vê na Arena do Grêmio.

Gustavo Villani,
narrador do Grupo Globo
Reprodução

Revendo a imagem, eu marcaria o pênalti. O toque da bola no cotovelo do Everton Ribeiro não é proposital, mas o braço do jogador do Flamengo está aberto. Na minha opinião, pênalti não marcado para o Corinthians.

Sálvio Spinola,
ex-árbitro e comentarista do Grupo Globo
Thiago Ribeiro/AGIF

Cada vitória do Palmeiras, mesmo de 1 a 0, é o esperado. O inesperado é ganhar de 3 a 0 do São Paulo, atropelando. O campeonato do Palmeiras é assim: o time do Mano pode até estar mais solto, mas ainda prefere o resultado que o desempenho.

Walter Casagrande,
comentarista do Grupo Globo
Reprodução/TV Globo

Os gols da 30ª rodada

Confira o golação do lateral Patric, do Atlético-MG, e os outros gols desta rodada do Brasileirão.
Pedro Chaves/AGIF
Publicado em 04 de novembro de 2019.