PUBLICIDADE
Topo

Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet estarão em Salvador no mesmo dia

Os presidenciáveis Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet estarão em Salvador no mesmo dia - Reprodução, Cleber Clauber Caetano/PR, Lucas Lima/UOL e Mateus Bonomi/AGIF/Estadão Conteúdo, Folhapress
Os presidenciáveis Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet estarão em Salvador no mesmo dia Imagem: Reprodução, Cleber Clauber Caetano/PR, Lucas Lima/UOL e Mateus Bonomi/AGIF/Estadão Conteúdo, Folhapress

Do UOL, em São Paulo

30/06/2022 21h27Atualizada em 30/06/2022 21h36

Os presidenciáveis Ciro Gomes (PDT), Jair Bolsonaro (PL), Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Simone Tebet (MDB) estarão em Salvador, na Bahia, no mesmo dia, no próximo sábado (2).

O presidente Bolsonaro participará de uma motociata com apoiadores em Salvador. A ideia inicial era que o ato fosse realizado em 3 de julho, em Juiz de Fora (MG), cidade em que ele foi alvo de um atentado a faca, durante a campanha presidencial de 2018. A mudança de planos deu-se quando a equipe de pré-campanha do ex-presidente Lula deixou escapar que o petista estaria em Salvador no fim desta semana.

A ideia é "fazer o teste das ruas" e, no dia seguinte, encher as redes sociais de imagens em que o mandatário aparece "no meio do povo", enquanto "Lula se esconde num ginásio só com militantes''. A informação é da colunista do UOL Thais Oyama, durante participação em "O Radar das Eleições".

Consultada pela reportagem, a assessoria de Lula informou que o ato a favor do presidenciável será realizado na região da Arena Fonte Nova, na parte da manhã. O local é próximo ao manancial Dique Tororó, onde Bolsonaro deverá se encontrar com eleitores, também pela manhã. A data de 2 de julho é simbólica porque marca a "Independência da Bahia".

Segundo a Folha de S.Paulo, ao contrário de Lula e Bolsonaro, Ciro Gomes deve estar presente no ato cívico no Largo da Lapinha e participar de uma parte do cortejo do evento. Segundo o governo baiano, a solenidade terá as presenças do prefeito ACM Neto (União Brasil), do governador Rui Costa (PT), autoridades civis e militares e a imprensa. O público não poderá participar em razão das regras de isolamento social contra a covid-19.

O pedetista pousará no estado na sexta-feira (1º) e no mesmo dia deverá visitar a cidade de Euclides da Cunha, no sertão do estado.

Já a assessoria de Simone Tebet confirmou que a pré-candidata estará em Salvador na sexta-feira (1º) e no sábado (2). A equipe de comunicação da presidenciável explicou que a agenda dela no estado prevê a participação em celebrações do dia 2 de julho e informou que a agenda completa dela será "enviada em seguida".

"Em pré-campanha pelo Brasil, Simone já percorreu vários estados: Minas Gerais, Pará, Goias, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Sergipe, Rio Grande do Sul e agora chega à Bahia. Em todas as cidades por onde passa, na Caminhada da Esperança, a senadora tem sido bem recebida pela população e lideranças políticas", disse a assessoria de Tebet.

O UOL tenta contato com a Secom (Secretaria de Comunicação) e a Semop (Secretaria de Ordem Pública) de Salvador para saber se o município prepara alguma ação de segurança para receber os presidenciáveis. A nota será atualizada em caso de retorno.