PUBLICIDADE
Topo

Real Time Big Data no RJ: Castro e Freixo empatam tecnicamente para governo

O deputado federal Marcelo Freixo (à esquerda) e o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (à direita) - Marina Ramos/Câmara dos Deputados e Wallaca Silva/Fotoarena/Estadão Conteúdo
O deputado federal Marcelo Freixo (à esquerda) e o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (à direita) Imagem: Marina Ramos/Câmara dos Deputados e Wallaca Silva/Fotoarena/Estadão Conteúdo

Caíque Alencar e Giovanna Galvani

Do UOL, em São Paulo

29/06/2022 15h15Atualizada em 29/06/2022 17h28

Real Time Big Data - Pesquisa confiável -  -

Pesquisa Real Time Big Data contratada pela Record TV e divulgada hoje aponta um empate técnico na disputa para o governo do Rio de Janeiro entre o governador Cláudio Castro (PL) e o deputado federal Marcelo Freixo (PSB) na pesquisa estimulada —quando os entrevistados recebem uma lista prévia com os nomes. No cenário com mais pré-candidatos, Castro registrou 26%, e Freixo ficou com 23%. A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais para mais ou menos.

Em seguida, aparece o ex-prefeito de Niterói Rodrigo Neves (PDT), com 10% das intenções de voto.

Cyro Garcia (PSTU) tem 2%; Paulo Ganime (Novo), Felipe Santa Cruz (PSD) e Eduardo Serra (PCB) registraram 1% cada. Emir Laranjeira (PMB) constava na lista apresentada pela pesquisa, mas não pontuou. Garcia, Ganime, Santa Cruz, Serra e Laranjeira empatam dentro da margem de erro.

Brancos e nulos respondem por 14% das intenções, e 22% dizem não saber em quem votar ou não responderam ao questionamento.

Não é possível comparar a pesquisa de hoje com a anterior do mesmo instituto por conta da mudança dos nomes apresentados aos entrevistados. Em março, o instituto trazia André Ceciliano (PT) na lista. Além disso, agora novos nomes foram incluídos: Cyro Garcia (PSTU), Eduardo Serra (PCB) e Emir Laranjeira (PMB). Em março, Freixo tinha 24% e também empatava com Castro, que tinha 23%.

O instituto ouviu 1.500 eleitores fluminenses com 16 anos ou mais entre 27 e 28 de junho. As entrevistas foram telefônicas. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%. A pesquisa custou R$ 20.000 e foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o protocolo RJ-00922/2022.

Primeiro turno

Cenário 1

  • Cláudio Castro (PL): 26%
  • Marcelo Freixo (PSB): 23%
  • Rodrigo Neves (PDT): 10%
  • Cyro Garcia (PSTU): 2%
  • Paulo Ganime (Novo): 1%
  • Felipe Santa Cruz (PSD): 1%
  • Eduardo Serra (PCB): 1%
  • Emir Laranjeira (PMB): 0%
  • Brancos/Nulos: 14%
  • Não sabem/Não responderam: 22%

Cenário 2

  • Cláudio Castro (PL): 27%
  • Marcelo Freixo (PSB): 23%
  • Rodrigo Neves (PDT): 10%
  • Cyro Garcia (PSTU): 2%
  • Paulo Ganime (Novo): 1%
  • Eduardo Serra (PCB): 1%
  • Emir Laranjeira (PMB): 0%
  • Brancos/Nulos: 14%
  • Não sabem/Não responderam: 22%

Pesquisa espontânea

Na pesquisa espontânea (na qual os entrevistados não recebem uma lista prévia de pré-candidatos), Castro tem 11%; Freixo, 9%; Rodrigo Neves, 3%; Anthony Garotinho, 1%, e Eduardo Paes, 1%. Indicaram voto branco ou nulo 17% dos entrevistados, enquanto 58% não souberam responder.

  • Cláudio Castro (PL): 11%
  • Marcelo Freixo (PSB): 9%
  • Rodrigo Neves (PDT): 3%
  • Anthony Garotinho (União Brasil): 1%
  • Eduardo Paes (PSD): 1%
  • Brancos/Nulos: 17%
  • Não sabem/não responderam: 58%

Segundo turno

Três cenários de segundo turno foram analisados pelo Real Time Big Data. No primeiro, Castro vence Freixo por 37% a 30%, com 25% dos eleitores apontando branco ou nulo, e 8% sem saber responder.

  • Cláudio Castro (PL): 37%
  • Marcelo Freixo (PSB): 30%
  • Brancos/Nulos: 25%
  • Não sabem/não responderam: 10%

No segundo cenário, Castro também ganha de Rodrigo Neves por 38% a 26%. Iguais 26% indicam voto branco ou nulo, e 10% não responderam.

  • Cláudio Castro (PL): 38%
  • Rodrigo Neves (PDT): 26%
  • Brancos/Nulos: 26%
  • Não sabem/não responderam: 10%

No terceiro cenário, Marcelo Freixo empata tecnicamente com Rodrigo Neves. Nesta projeção, 25% indicaram voto nulo ou branco, e 12% não responderam.

  • Marcelo Freixo (PSB): 34%
  • Rodrigo Neves (PDT): 29%
  • Brancos/Nulos: 25%
  • Não sabem/Não responderam: 12%

Senado

Para a única vaga pelo estado no Senado Federal, a pesquisa testou apenas um cenário e de forma estimulada. O senador Romário (PL) tem 19% das intenções, e o deputado federal Alessandro Molon (PSB), 14%. Na margem de erro, Romário e Molon empatam tecnicamente.

Daniel Silveira (PTB), com 8%, empata no limite da margem de erro com Molon, mas não com Romário.

Já Washington Reis (MDB), com 5%, André Ceciliano (PT), com 4% e Luciana Boiteux (PSOL), com 2%, empatam com Silveira na margem de erro, mas não alcançam Molon e Romário.

  • Romário (PL): 19%
  • Alessandro Molon (PSB): 14%
  • Daniel Silveira (PTB): 8%
  • Washington Reis (MDB): 5%
  • André Ceciliano (PT): 4%
  • Luciana Boiteux (PSOL): 2%
  • Marcelo Itagiba (Avante): 1%
  • Ivanir dos Santos (PDT): 0%
  • Branco/nulo: 26%
  • Não sabem/não responderam: 21%