PUBLICIDADE
Topo

Sabatina UOL/Folha

Pré-candidatos são entrevistados por jornalistas do UOL e da Folha


Freixo: Castro está parecido com Cabral e foi absorvido por 'máfia'

Henrique Sales Barros e Jessica Bernardo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

20/05/2022 11h26

Marcelo Freixo (PSB), pré-candidato ao governo do Rio de Janeiro, fez críticas ao atual governador, Cláudio Castro (PL), afirmando que o mandatário "está cada vez mais parecido com o ex-governador Sérgio Cabral", ainda preso devido a condenações pela Operação Lava Jato.

"Como o Cláudio Castro foi tão absorvido por essa máfia no Rio, hoje ele é muito usado por essa máfia, que esteve em tantos governos e que querem o Cláudio Castro reeleito para continuar a estrutura corrupta do 'toma lá, dá cá'—, certamente ele acabou fazendo acordos com quem não devia", disse Freixo em sabatina promovida pelo UOL e pela Folha de S.Paulo hoje.

"O desempenho dele é muito ruim", afirmou Freixo, acusando o governador de ter "blindado" as investigações sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco, ocorrido há quatro anos. "Ele deveria ter vergonha de não tocar nesse assunto, de essa investigação, no governo dele, ter sido tão blindada, tão apartada da família, dos amigos de Marielle", acrescentou.

Segundo pesquisa Datafolha divulgada em abril, há um empate técnico na liderança entre o deputado federal Marcelo Freixo e o atual governador, Cláudio Castro (PL).

O terceiro lugar traz oito candidatos tecnicamente empatados: Anthony Garotinho (União Brasil), com 7%; Rodrigo Neves (PDT), com 5%; Eduardo Serra (PCB), com 4%; General Santos Cruz (Podemos), também com 4%; Cyro Garcia (PSTU), com 3%; André Ceciliano (PT), com 2%; Felipe Santa Cruz (PSD), com 2%; e Paulo Ganime (Novo), que tem 1% das intenções de voto.

A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

Veja os números:

  • Marcelo Freixo (PSB): 18%
  • Cláudio Castro (PL): 14%
  • Anthony Garotinho (União Brasil): 7%
  • Rodrigo Neves (PDT): 5%
  • Eduardo Serra (PCB): 4%
  • General Santos Cruz (Podemos): 4%
  • Cyro Garcia (PSTU): 3%
  • André Ceciliano (PT): 2%
  • Felipe Santa Cruz (PSD): 2%
  • Paulo Ganime (Novo): 1%
  • Brancos e nulos: 30%
  • Indecisos: 9%

Calendário das sabatinas no Rio

  • 20/5 - 16h - Cláudio Castro (PL)

Nas próximas semanas, também serão feitas sabatinas com candidatos ao governo do Paraná, Pernambuco, Ceará, Bahia e Rio Grande do Sul.