PUBLICIDADE
Topo

Simone Tebet rompe ligamento do tornozelo direito após torcer o pé

Simone Tebet é pré-candidata ao Palácio do Planalto pelo MDB - Reprodução/Instagram/@simonetebet
Simone Tebet é pré-candidata ao Palácio do Planalto pelo MDB Imagem: Reprodução/Instagram/@simonetebet

Do UOL, em São Paulo*

16/05/2022 16h19Atualizada em 16/05/2022 16h28

A pré-candidata à Presidência pelo MDB, Simone Tebet, teve lesão parcial do ligamento do tornozelo direito após torcer o pé. A informação foi divulgada pela ex-senadora nas redes sociais.

"Caminhar tanto pelo Brasil às vezes cobra um preço. Torci meu pé. Resultado: lesão parcial do ligamento do tornozelo direito", escreveu a pré-candidata nas redes sociais.

Tebet também anunciou que utilizará bota ortopédica por duas semanas para se recuperar da lesão.

"Agora, fazer valer os compromissos usando essa bota, por duas semanas - que atrapalha qualquer roupa, né? Mas, vamos que vamos, porque o Brasil tem pressa. Bom domingo!"

Terceira via

Durante um ciclo de debates da ACSP (Associação Comercial de São Paulo), a pré-candidata Simone Tebet esclareceu sua posição em relação à crise pela qual passa o PSDB, após questionamento do ex-governador de São Paulo João Doria no fim de semana. A senadora disse que se mantém "firme e forte", mesmo em caso de o tucano não aceitar os resultados da pesquisa da terceira via — grupo que se opõe às candidaturas de Bolsonaro (PL) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

No último mês, o MDB, PSDB e Cidadania projetaram anunciar um nome único à presidência até o dia 18 de maio. Faltando dois dias para o fim do prazo, a senadora afirmou que, caso seja a vitoriosa, será candidata por seu partido, o MDB, mesmo sem o apoio das outras siglas na mesma aliança.

"Nós aceitamos as regras do jogo, e amanhã temos o resultado dela. Se porventura o meu nome for indicado, eu serei pré-candidata pelo meu partido, independente de outros partidos se somarem conosco ou não", afirmou a emedebista, em reação à crise interna do PSDB.

"Se ele [Doria] não aceitar os resultados da pesquisa, e eu for a escolhida, eu sigo firme e forte", acrescentou.

*Com Estadão Conteúdo