PUBLICIDADE
Topo

Pré-candidato tucano diz que Doria teve 'ruído' e Aécio será cabo eleitoral

Colaboração para o UOL

12/05/2022 16h40Atualizada em 12/05/2022 16h59

Pré-candidato do PSDB ao governo de Minas Gerais, Marcus Pestana afirmou, durante sabatina UOL/Folha realizada hoje, que o presidenciável do partido, João Doria, sofre um "ruído" de comunicação na pré-campanha e confirmou que o deputado federal Aécio Neves será seu cabo eleitoral.

"Ele [João Doria] teve um problema concreto de construção da imagem. Os números das pesquisas não são compatíveis com o nível e qualidade de resultados do governo de São Paulo. Ele é bom comunicador, mas um ruído se acumulou ao longo do tempo", disse.

Pestana definiu Aécio como melhor governador que o estado já teve. "O Aécio vai ser cabo eleitoral, sim, ele é o melhor governador [de Minas Gerais] desde JK [Juscelino Kubitschek]. Ele fez todas as obras essenciais da região metropolitana."

Pesquisa Genial/Quaest

Segundo pesquisa Genial/Quaest divulgada em março, Romeu Zema (Novo) está à frente, com 34% de intenções de voto. O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), fica em segundo lugar, com 21%.

Em seguida, quatro candidatos ficam em empate técnico, dentro da margem de erro de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos. André Janones (Avante), com 7%; Cleitinho Azevedo (Cidadania), tem 6%; Carlos Viana (PL), 5%; e Vittorio Medioli (PSD) tem 2%.

Daniel Sucupira (PT) e Miguel Corrêa (PDT) têm 1% cada um. Os dois candidatos empatam tecnicamente com Cleitinho Azevedo, Carlos Viana e Vittorio Medioli, mas não alcançam André Janones. Lorene Figueiredo, Marcus Pestana e Renata Regina (PCB) não aparecem no questionário.

Amanhã Carlos Viana (PL), candidato apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro, às 10h, e Renata Regina, do PCB, fecham o ciclo no estado.

Nas próximas semanas, também serão feitas sabatinas com candidatos ao governo do Rio de Janeiro, Paraná, Pernambuco, Ceará, Bahia e Rio Grande do Sul.