PUBLICIDADE
Topo

Paraná Pesquisas em PE: Lyra tem 25,8%; Coelho, Ferreira e Cabral empatam

Palácio do Campos das Princesas, sede do governo de Pernambuco - J.E. Sales/Creative Commons
Palácio do Campos das Princesas, sede do governo de Pernambuco Imagem: J.E. Sales/Creative Commons

Do UOL, em São Paulo

25/03/2022 12h58Atualizada em 29/03/2022 11h38

Levantamento do instituto Paraná Pesquisas divulgado hoje para o governo de Pernambuco aponta a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), na liderança da corrida eleitoral estadual com 25,8% das intenções de voto, no principal cenário testado pela pesquisa.

Em segundo lugar, empatados tecnicamente dentro da margem de erro que é de 2,6 pontos percentuais para mais ou para menos, aparecem o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (União Brasil), com 15,6%; o prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira (PL), com 13,6%; e o deputado federal Danilo Cabral (PSB), com 11,9%.

Na sequência, também empatados dentro da margem de erro, estão João Arnaldo (PSOL), com 3,3%, e Jones Manoel (PCB), com 0,9%. Não sabem ou não responderam 8,9% dos entrevistados e nenhum, brancos e nulos somam 19,9%.

A pesquisa de hoje é a primeira do Paraná Pesquisas para o governo de Pernambuco e foi feita com recursos próprios. Foram ouvidos, de forma presencial, 1.510 eleitores com 16 anos ou mais em 58 cidades do estado entre os dias 19 e 24 de março. O índice de confiança do levantamento é de 95% e o registro da pesquisa junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é PE-01060/2022.

Veja a seguir os cenários testados para 1º turno

Cenário 1

  • Raquel Lyra (PSDB): 25,8%
  • Miguel Coelho (União Brasil): 15,6%
  • Anderson Ferreira (PL): 13,6%
  • Danilo Cabral (PSB): 11,9%
  • João Arnaldo (PSOL): 3,3%
  • Jones Manoel (PCB): 0,9%
  • Não sabe/ Não respondeu: 8,9%
  • Nenhum/Branco/Nulo: 19,9%

Cenário 2

  • Miguel Coelho (União Brasil): 23,2%
  • Anderson Ferreira (PL): 15,4%
  • Danilo Cabral (PSB): 15,2%
  • João Arnaldo (PSOL): 4,3%
  • Jones Manoel (PCB): 1,2%
  • Não sabe/ Não respondeu: 11%
  • Nenhum/Branco/Nulo: 29,8%

Cenário 3

  • Raquel Lyra (PSDB): 29,7%
  • Anderson Ferreira (PL): 15%
  • Danilo Cabral (PSB): 13,6%
  • João Arnaldo (PSOL): 3,9%
  • Jones Manoel (PCB): 1,4%
  • Não sabe/ Não respondeu: 10,5%
  • Nenhum/Branco/Nulo: 25,9%

Pesquisa espontânea

Na pesquisa espontânea, quando os entrevistados não recebem uma lista de prévia dos pré-candidatos, todos os nomes aparecem empatados dentro da margem de erro.

Veja o resultado a seguir:

  • Raquel Lyra (PSDB): 3,5%
  • Miguel Coelho (União Brasil): 3%
  • Anderson Ferreira (PL): 2%
  • Danilo Cabral (PSB): 1,9%
  • Paulo Câmara (PSB): 1,3%
  • João Campos (PSB): 0,5%
  • Marília Arraes (Solidariedade): 0,3%
  • Outros nomes citados: 1,5%
  • Não sabe/ Não respondeu: 70,2%
  • Nenhum/Branco/Nulo: 15,8%

Simulações de 2º turno

O Paraná Pesquisas fez três simulações de cenários para o 2º turno. Veja a seguir os resultados:

Cenário 1

  • Miguel Coelho (União Brasil): 34,8%
  • Danilo Cabral (PSB): 24,6%
  • Não sabe/não respondeu: 11,5%
  • Nenhum/branco/nulo: 29,1%

Cenário 2

  • Raquel Lyra (PSDB): 41,5%
  • Danilo Cabral (PSB): 23,4%
  • Não sabe/não respondeu: 9,3%
  • Nenhum/branco/nulo: 25,8%

Cenário 3

  • Danilo Cabral (PSB): 31,7%
  • Anderson Ferreira (PL): 26,3%
  • Não sabe/não respondeu: 10,7%
  • Nenhum/branco/nulo: 31,3%

O Paraná Pesquisas é uma empresa de Curitiba, fundada em 1990. Realizou seu primeiro levantamento sobre intenções de voto para presidente em 2013 e, desde então, divulga pesquisas eleitorais pagas com recursos próprios ou de financiadores diversos. Na eleição de 2018, o instituto fez pesquisas com entrevistas presenciais de eleitores em suas casas financiadas pela empresa de consultoria de investimentos Empiricus e pela Fundação Presidente Jânio Quadros, ligada ao PRTB.

Atualmente, o Paraná Pesquisas também realiza levantamentos por telefone, com operadores treinados conversando com eleitores. O instituto informou ao UOL que realiza pesquisas usando diferentes métodos, a depender do que foi acordado com o financiador do levantamento.