PUBLICIDADE
Topo

Papo Preto #66: O combate ao negacionismo nos debates raciais

Mais Papo Preto
1 | 25

De Ecoa, em São Paulo

16/02/2022 06h00

O ataque às políticas de igualdade racial e a negação aos dados que comprovam o racismo na sociedade são alguns dos obstáculos que o debate antirracista encontra em seu caminho. Neste episódio de Papo Preto, o apresentador Yago Rodrigues recebe a especialista em comunicação e cultura, Etiene Martins, para falar sobre a importância de combater este negacionismo dentro e fora do ambiente virtual.

"O negacionismo é um termo que ganhou força nos anos 1980 para se referir a grupos e indivíduos que negam o extermínio em massa dos judeus pelo nazismo", explica Etiene. "A comunidade preta conhece bem isso, toda vez que vai tentar denunciar uma situação de racismo ela é questionada" (a partir de 3:13 do arquivo acima).

Etiene Martins diz que grandes plataformas de internet não sabem lidar com o racismo e acabam querendo se esconder atrás do algoritmo. "O racismo não tem nada de burro, ele é ardiloso, extremamente inteligente. Tanto é, que hierarquiza a nossa sociedade até hoje", diz. "Ele é algo constante, contínuo e cruel em todos os espaços e não vai ser diferente nas plataformas" (a partir de 14:25 do arquivo acima).

A comunicadora diz que normalmente olhamos para o algoritmo como se fosse um ser independente e não algo que alguém criou. "A pessoa que criou o algoritmo é racista e tudo que deriva dele será racista", diz ela. "O que ocorre na Internet é reflexo do que ocorre na sociedade, não é diferente. Não precisamos errar para sermos cancelados. E, quando erramos, o peso é desigual porque a cobrança é desigual" (a partir de 18:13 do arquivo acima).

Papo Preto é um podcast produzido pelo Alma Preta, uma agência de jornalismo com temáticas sociais, em parceria com o UOL Plural, um projeto colaborativo entre o UOL, coletivos e veículos independentes. Novos episódios vão ao ar todas as quartas-feiras.

Podcasts são programas de áudio que podem ser ouvidos a qualquer hora e lugar — no computador, smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Você pode ouvir Papo Preto no canal do UOL no YouTube e nas plataformas de podcast Spotify, Google Podcast, Deezer, Apple Podcast e CastBox.