PUBLICIDADE
Topo

Papo Preto #43: Os desafios da territorialidade

Mais Papo Preto
1 | 25

De Ecoa, em São Paulo

11/08/2021 06h00

Neste episódio de Papo Preto, o apresentador Yago Rodrigues conversa com Raphael Vicente, coordenador da Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial e advogado especialista em Direito do Trabalho sobre os desafios da raça negra em conseguir ocupar todos os lugares a que tem direito na sociedade, principalmente no mercado de trabalho.

Vicente conta que foi procurar em um mestrado as respostas para as causas de o negro ainda hoje estar excluído do mercado de trabalho, sobretudo de cargos de liderança. "Sempre quis entender algo que para mim não fazia sentido. Acabou a escravidão em 1888, o mercado de trabalho é racista. Mas o que tem a ver uma coisa com a outra? Sempre achei que estava faltando um pedaço de 1888 até hoje. Como isso se desenvolveu?" (a partir de 22:47 do arquivo acima).

Ele diz que nós tivemos ciclos em nossa história. Na década de 1990 fazia sentido a explicação de que não tinha negro nas grandes empresas porque não tinha negro no ensino superior. "Mas isso mudou, principalmente no fim dos anos 90 até 2014. Já tínhamos mais de 2 milhões de jovens negros no ensino superior e esse não podia mais ser o discurso", explica. "Mas esses jovens não estavam acessando as grandes empresas, foi a primeira vez que ouvi falar de muro de vidro, você chega, você olha, mas você não passa, tem uma barreira que não sabemos qual é."

Uma das hipóteses levantadas em seu estudo foi que essa barreira era o racismo. "Tinha muita gente estudando isso, o racismo como problema. Mas ninguém estava pensando a solução, e a gente precisava pensar nisso. Recortamos o mercado de trabalho para as grandes empresas porque elas têm uma cadeia enorme, procuramos os líderes e os convidamos a pensarmos juntos em soluções" (a partir de 26:40 do arquivo acima).

Para Raphael Vicente, pensar o racismo como um problema estrutural não basta porque se o problema é da estrutura ele não é de ninguém, não é individualizado. "Podemos entender o racismo como uma percepção, como um raciocínio, uma questão social que precisa ser mudada, está correto. Mas como ele se materializa na nossa vida só tem um caminho, que é por meio do comportamento. Uma solução para o racismo está no comportamento. Você não precisa gostar nem ser a favor, mas precisa mudar o seu comportamento" (a partir de 38:01 do arquivo acima).

Papo Preto é um podcast produzido pelo Alma Preta, uma agência de jornalismo com temáticas sociais, em parceria com o UOL Plural, um projeto colaborativo entre o UOL, coletivos e veículos independentes. Novos episódios vão ao ar todas as quartas-feiras.

Podcasts são programas de áudio que podem ser ouvidos a qualquer hora e lugar — no computador, smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Você pode ouvir Papo Preto no canal do UOL no YouTube e nas plataformas de podcast Spotify, Google Podcast, Deezer, Apple Podcast e CastBox.