PUBLICIDADE
Topo

Conversa de Portão #27: Idosos pagam conta com fim da gratuidade da tarifa

Mais Conversa de Portão
1 | 25

De Ecoa, em São Paulo

06/04/2021 06h00

Entrou em vigor em fevereiro de 2021 a suspensão da gratuidade no transporte público para idosos com idades entre 60 e 65 anos em São Paulo. A medida foi uma determinação do governador do estado, João Doria, e do prefeito da capital, Bruno Covas.

Neste episódio do Conversa de Portão, a apresentadora Bia Pedrina conversa com a auxiliar de limpeza aposentada Maria José Bezerra Santos, de 64 anos, e com a especialista em mobilidade urbana Kamila Lorrayne Alves sobre os impactos do fim da gratuidade para idosos que vivem nas periferias.

"[A gratuidade] ajuda bastante. Principalmente a gente que ganha um salário mínimo, eu me aposentei com um salário mínimo. Só em remédios, tem mês que fica R$300, R$400. Metade do salário já vai pros remédios", disse Maria José Bezerra Santos (a partir de 4:30 do arquivo acima).

Moradora de Perus, na região Norte da cidade, ela utilizava o benefício para realizar tratamentos de saúde no centro, como fisioterapia e acupuntura. Sem a gratuidade, Santos passou a ter que pagar duas passagens na ida e duas na volta, o que pesa em seu orçamento.

Para a especialista em mobilidade urbana Kamila Lorrayne Alves, moradora de Cidade Tiradentes, trata-se de um retrocesso. "É vergonhoso para o município ter um regresso tão grande de direitos que a gente já tinha conquistado", disse (a partir de 19:11 do arquivo acima).

O Conversa de Portão é um podcast produzido pelo Nós, Mulheres da Periferia em parceria com UOL Plural, um projeto colaborativo do UOL com coletivos e veículos independentes. Novos episódios são publicados toda terça-feira.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição. Você pode ouvir Conversa de Portão, por exemplo, no Youtube, no Spotify e no Google Podcasts.