PUBLICIDADE
Topo

Podcast

Papo Preto


Papo Preto #11: Quem foi Zumbi do Palmares?

Colaboração para Ecoa, de São Paulo

20/11/2020 04h00

Zumbi liderou o quilombo dos Palmares durante mais de 30 anos e foi um dos heróis da resistência contra a escravização no Brasil. A sua data de morte, 20 de novembro, se transformou no Dia da Consciência Negra, feriado em algumas cidades e lembrado em todo país. Mas o herói é algumas vezes apontado como mito ou vilão.

Para falar da importância desse personagem, o 11º episódio do Papo Preto recebe o professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Flávio Gomes, integrante da Rede de Historiadores e Historiadoras Negros. Ele conversa com Yago Rodrigues e Guilherme Soares Dias, ambos do Alma Preta.

Zumbi foi um líder extraordinário, e a história de Palmares não se encerra nele. É ainda mais rica. "Palmares é muito, muito maior do que Zumbi", diz Flávio (a partir de 5:35 do arquivo acima). "Quando ele nasceu, Palmares já existia há pelo menos 70 anos. E, quando ele foi assassinado, Palmares continuou existindo. Entre o assassinato de Zumbi e as informações que nós temos sobre Palmares, ainda temos mais de 60 anos. Então, Palmares é muito maior. Tão grandioso quanto Zumbi".

Talvez Zumbi tenha sido o mais importante, mas não foi o único líder do mocambo. Outro líder muito conhecido, que antecede a Zumbi, é Ganga Zumba, que chega a fazer tratados coloniais importantíssimos.

Uma observação é a de que o termo "quilombo" só começa a ser usado nas documentações quando Palmares - que não era o único deles - já existia há quase cem anos. Antes disso, o termo era "mocambo". "Isso é importante porque quase tudo que nós sabemos sobre Palmares, sobre os quilombos, sobre os mocambos, foi produzido por aqueles que queriam destruir os mocambos. Então isso significa que a gente ainda tem muito espaço de interpretação, perguntas e questões para saber sobre Palmares e seus líderes a partir das suas próprias perspectivas", afirma Flávio (a partir de 9:47 do arquivo acima).

Papo Preto é um podcast produzido pelo Alma Preta, uma agência de jornalismo com temáticas sociais, em parceria com o UOL Plural, um projeto colaborativo entre o UOL e coletivos independentes. Novos episódios vão ao ar todas as quartas-feiras.