PUBLICIDADE
Topo

Podcast

Papo Preto


Papo Preto #2: Black money e os desafios para a autonomia financeira

Colaboração para Ecoa, de São Paulo

16/09/2020 04h00

Quais são os obstáculos para a autonomia financeira da população negra - e, mais importante, como vencê-los? Esse é o tema do episódio #2 do podcast Papo Preto, que trata também de "black money", conceito que defende uma circulação intencional de capital entre produtores e consumidores negros. E que é, também, uma das ferramentas possíveis na construção dessa autonomia.

Amanda Dias, consultora financeira e criadora do programa de emancipação financeira da população negra Grana Preta, lembra que o volume que essa parcela dos brasileiros gira na economia é enorme: cerca de R$ 1,7 trilhão em 2017, segundo a Locomotiva Pesquisas. "O consumo ainda é a única forma de poder que a população preta consegue exercer", afirma (a partir de 6:30 no arquivo acima).

Em entrevista aos apresentadores Gabi Delgado e Yago Rodrigues, no entanto, ela explica que, ainda que tenha havido um início de inserção social pelo consumo em governos anteriores, a realidade econômica e de autonomia financeira dos negros brasileiros ainda padece consequências da própria formação histórica do Brasil. "Hoje tem uma associação quase que automática de negritude com pobreza e miséria, e isso precisa simplesmente ser retirado da nossa cabeça", diz Amanda (a partir de 18:59 no arquivo acima). E continua: "Se a gente vive em condição de pobreza e miséria hoje é porque existiram estruturas sociais, políticas e econômicas que nos levaram para esse lugar, desde leis até a forma que você acessa o mercado de trabalho".

Não é preciso negar essa estrutura empobrecedora e racista para trabalhar individualmente e em comunidade por uma autonomia financeira, no entanto. Para ela, com exceção das pessoas que vivem em situação de miserabilidade, é possível e desejável que isso seja feito. Ela dá dicas práticas (a partir de 19:35 no arquivo acima) para um autodiagnóstico financeiro — o primeiro passo para a autonomia.

O assessor de investimentos Paulo Bessoni também trabalha para informar a população negra de que existem, sim, opções de investimento acessíveis. "Uma das principais armadilhas que esse sistema pós-escravocrata, mas ainda escravocrata, tem contra nós é a desinformação. Você tem instituições financeiras que lucram muito, a exemplo dos bancos, e lucram de fato com as camadas mais pobres da população", explica (a partir de 28:04 no arquivo acima). "O mercado financeiro parece algo muito distante, parece algo muito inacessível para todo mundo. Mas com R$ 30 você já consegue investir, isso é a realidade dos investimentos mais básicos que temos disponíveis no Brasil, os mais conservadores. Mas com menos ainda você consegue entrar no mercado financeiro. Porque tem empresas que negociam ações a menos de R$ 1, para você ter uma noção".

Papo Preto vai ao ar sempre às quartas-feiras e é produzido pela Agência Alma Preta em parceria com o UOL Plural, um projeto colaborativo do UOL com coletivos independentes. O podcast tem novas edições às quartas-feiras.

Podcasts são programas de áudio que podem ser ouvidos a qualquer hora e lugar — no computador, smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Você pode ouvir Papo Preto no canal do UOL no YouTube e nas plataformas de podcast Spotify, Google Podcast, Deezer, Apple Podcast e CastBox.